Após dar meia volta no globo terrestre, Flamengo volta a jogar em solo carioca

'Andarilho', Rubro-Negro já percorreu 20.835 km na temporada

Por O Dia

Rio - Uma volta completa ao redor do mundo tem cerca de 40 mil quilômetros. Em exatos dois meses de Campeonato Brasileiro, o Flamengo fez mais da metade do caminho. Foram 20.835 km e jogos em Brasília, Florianópolis, Volta Redonda, Campinas, Natal, Porto Alegre, Belo Horizonte, São Paulo e Vitória. Finalmente, o Rubro-Negro vai jogar em casa. Embora o mando de campo seja do Botafogo e o time de Zé Ricardo tenha direito a apenas 1.500 ingressos - já vendidos - será a primeira vez em cinco meses que o time jogará em solo carioca.

Mancuello deve ser uma das atrações do Flamengo no clássico com o BotafogoGilvan de Souza / Flamengo / Divulgação

“O povo do Rio sente falta do futebol porque os times não jogam aqui. Eu cheguei há pouco tempo e não sei o que é jogar no Maracanã. Então, por isso, acho que vai ser bom ter um clássico aqui”, afirmou o argentino Mancuello, que chegou ao clube no início do ano.

A tendência é que as viagens melhorem um pouco. O clube deve usar como sede principal de seus próximos jogos o Estádio Kleber Andrade, no Espírito Santo, bem mais perto do que o Mané Garrincha, em Brasília. Porém, a peregrinação rubro-negra deve seguir até outubro, quando o Maracanã deve ser reaberto aos jogos de futebol.

Em campo, Alan Patrick ficou fora novamente do treino e Mancuello deve ser titular contra o Botafogo. Réver ficou na academia fazendo fortalecimento muscular, mas não será problema para o clássico. O argentino Donatti ainda não está no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF e para poder jogar precisa ter o nome inscrito até sexta-feira.