Flamengo enfrenta o América-MG e tenta encostar no G-4 do Brasileirão

Contra o lanterna, Fla não pode pensar em outro resultado a não ser a vitória, nesta segunda-feira, no Kleber Andrade

Por O Dia

Espírito Santo - Para se manter na cola dos líderes, o Flamengo não pode pensar em um resultado diferente nesta segunda-feira: tem de vencer. E o adversário não é de assustar, longe disso. O Rubro-Negro encara o lanterna América-MG, às 20h, no Estádio Kleber Andrade, no Espírito Santo.

Guerrero comanda o ataque do Flamengo no duelo com o lanterna América-MGGilvan de Souza / Flamengo / Divulgação

Após um empate com sabor de derrota na rodada passada contra o Botafogo, o Flamengo tenta dar a volta por cima, mas prega o respeito ao campeão mineiro deste ano.

“Sabemos que vai ser um jogo complicado, mas a gente precisa da vitória e vamos dar o nosso melhor para que possamos sair com ela. A gente precisa sempre estar brigando lá em cima, pelo time que a gente tem e com essa camisa que nós representamos”, disse o goleiro Alex Muralha.
Ele destacou o apoio da torcida: “Aqui (no Espírito Santo) é bem legal. O carinho da torcida é importante para nós, nos ajuda muito e espero que a casa esteja cheia como no último jogo.”

Uma vitória não fará o Rubro-Negro retornar ao G-4, mas pode aproximar a equipe da dupla Palmeiras e Corinthians, que tropeçou na rodada ao perder para Atlético-MG e empatar com Figueirense, respectivamente, jogando em casa. O técnico Zé Ricardo acredita que ainda haverá muitos tropeços pelo pouco tempo de formação das equipes no Brasileiro deste ano. E diz que o Flamengo está no caminho certo para brigar em cima: “A gente vê a maioria das grandes equipes alternando dentro da própria competição. O ideal era que todas as equipes fossem formadas na pré-temporada. Aqueles que conseguem fazer isso acabam levando um pouco de vantagem.”

O treinador admite que o time rubro-negro vem alternando bons e maus momentos na competição, mas acha que não está longe da regularidade: “A gente busca uma sequência de quatro ou cinco jogos ganhando e jogando bem. A gente conseguiu jogar bem, mas nos jogos já tivemos momentos de desconcentração. Dos jogos que participamos, talvez o que menos me agradou foi o último (contra o Botafogo). Vamos tentar conseguir essa regularidade no fim do turno para arrancar na busca pelo G-4 e pelo título.”

Escalações

Flamengo: Alex Muralha; Rodinei, Réver, Juan e Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão, Mancuello e Alan Patrick; Fernandinho (Marcelo Cirino) e Guerrero.

América-MG: João Ricardo; Pablo, Alison, Roger e Bruno Teles; Leandro Guerreiro, Juninho, Osman, Gilson e Alan Mineiro; Michael.