Com golaço de Mancuello, Flamengo bate o Atlético-PR e dorme na liderança

Argentino marca de letra e garante mantém a sequência de seis partidas sem perder no Campeonato Brasileiro

Por O Dia

Cariacica - Depois de 19 jogos, o Flamengo pelo menos neste sábado é o líder do Campeonato Brasileiro. Com lindo gol de letra de Mancuello, o Rubro-Negro derrotou o Atlético-PR por 1 a 0 no estádio Kléber de Andrade, chegando a 34 pontos e assumindo a ponta da tabela.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Flamengo

Com ótima atuação da equipe, principalmente no início de cada de tempo, o Flamengo conseguiu ser mais efetivo nas chances que criou e limitou as oportunidades do Atlético-PR. A vitória mantém a série invicta do Rubro-Negro que agora chega a seis jogos sem derrota.

Para se manter na liderança, o Flamengo precisa secar Santos, Palmeiras, Corinthians, Grêmio e Atlético-MG. No próximo sábado, o Rubro-Negro volta a campo e visita o Sport, na Ilha do Retiro, às 16h, buscando manter a série invicta e a briga pela liderança.

Mancuello fez o gol da vitória do FlaDivulgação

O JOGO

Podendo dormir na liderança do Brasileirão caso vencesse o Atlético-PR, o Flamengo começou a partida no estádio Kléber Andrade atacando desde o primeiro lance da partida. Antes mesmo da primeira volta completa do ponteiro no relógio, Fernandinho já teve uma oportunidade de abrir o placar. Após cruzamento de Everton, Guerrero ajeito de cabeça para o camisa 31 do Fla que com espaço pegou muito mal na bola na marca do pênalti e isolou a bola. Acuado em campo, o Furacão não conseguia fugir da pressão imposta pelo Rubro-Negro. Antes dos dez minutos, o Fla ainda assutou em cobrança de falta de Mancuello.

Na primeira chegada em que o Atlético-PR realmente assustou Alex Muralha veio aos 14. Walter percebeu o arqueiro do Flamengo adiantado e de muito longe acertou um lindo chute na trave. Quase que o artilheiro faz uma pintura no Espírito Santo. Após o início avassalador, o Rubro-Negro diminuiu o ritmo e só voltou a levar perigo à meta do goleiro Santos em ótima finalização de Réver que passou rente à trave.

Na volta para o segundo tempo, o Flamengo iniciou da mesma forma como a primeira etapa pressionando o Furacão. Em três minutos, Guerrero, Fernandinho e Willian Arão tivram boas chances de abrir o placar no Kléber Andrade, mas todos pecaram na hora da finalização. Quatro minutos depois, o atacante peruano teve uma chance de ouro para deixar o seu mas falhou miseravelmente. Após ser lançado por Mancuello, o camisa 9 chutou em cima do goleiro Santos e no rebote, tinha o gol escancarado, mas esperou o arqueiro se recuperar para driblá-lo e na hora do chute acabou travado por Sidcley.

Determinado a conseguir os três pontos, o Flamengo seguiu pressionando e aos 16 veio a recompensa pela insistência. Fernandinho recuperou a bola na ponta direita e finalizou para o gol. No meio do caminho, Mancuello se antecipou e deu um lindo toque de letra para colocar o Rubro-Negro em vantagem. A frente no placar, a equipe carioca passou a ter mais espaço no ataque, mas seguia pecando nas finalizações, principalmente Guerrero. Sem força ofensiva, o Furacão tentava chegar em chutes de longe e aos 29 Otávio deu trabalho para Alex Muralha em finalização à distância. Quatro minutos depois, Lucas Fernandes foi quem exigiu boa defesa do arqueiro carioca.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 1x0 ATLÉTICO-PR

Estádio: Kléber Andrade
Árbitro: Emerson Ferreira
Gols: Mancuello (Flamengo, aos 15' do 2ºT)
Cartões Amarelo: Chiquinho, Willian Arão (Flamengo) e Léo, Pablo, Santos, Hernani (Atlético-PR)
Cartões Vermelho:

FLAMENGO: Alex Muralha; Pará, Réver, Rafael Vaz e Chiquinho; Márcio Araújo, Willian Arão e Mancuello; Everton, Fernandinho (Thiago Santos) e Guerrero (Felipe Vizeu); Técnico: Zé Ricardo.

ATLÉTICO-PR: Santos; Léo, Paulo André, Thiago Heleno e Sidcley; Otávio, Hernani e Vinícius (Lucas Fernandes); Marcos Guilherme (Luciano Cabral), Pablo e Walter (André Lima); Técnico: Paulo Autuori