Torcida recepciona time do Flamengo e vê retorno aos estádios mais próximo

STJD decide contar jogo contra o Vitória como punição e agora equipe rubro-negra tem de ficar apenas um jogo sem a presença dos torcedores

Por O Dia

Rio - O empate teve gostinho de vitória. Se a torcida do Flamengo já sentia o tal 'cheirinho de hepta' antes da partida contra o Palmeiras, a volta do time para o Rio mostrou que a confiança está ainda maior. Sem poder comparecer ao estádio em São Paulo, os torcedores rubro-negros fizeram mais uma festa no aeroporto para recepcionar os atletas. E agora a Nação terá mais um motivo para comemorar: de acordo com nova decisão do STJD, a volta aos estádios está ainda mais próxima.

E a presença da massa de torcedores nos aeroportos parece ter mesmo incentivado os jogadores. No retorno ao Rio, Mancuello publicou em seu Instagram uma foto na janela do ônibus, com a torcida ao fundo. "Obrigado, Nação. Vamos por um passo a mais!", escreveu.

Mancuello agradeceu o apoio da torcida do FlamengoReprodução Instagram

A festa foi apenas mais um capítulo da história. Na terça-feira, os torcedores já haviam lotado o aeroporto Santos Dumont para incentivar o time, que viajava para enfrentar o Palmeiras. Empolgados com o resultado em 1 a 1, que manteve o Rubro-Negro na vice-liderança, eles voltaram na tarde desta quinta-feira.

A torcida do Flamengo lotou novamente o aeroporto para recepcionar o timeDaniel Castelo Branco / Agência O Dia

MUDANÇA NA PUNIÇÃO

A torcida rubro-negra tem mais motivos para comemorar. O Flamengo recorreu da punição do STJD e teve a punição 'diminuída', e agora terá de ficar apenas mais uma partida ausente das arquibancadas.

O clube perderia o direito à torcida em três jogos como visitante, começando contra o Vitória, no último sábado. Porém, os torcedores conseguiram comprar ingresso e compareceram ao Barradão. Apesar disso, o STJD considerou que o mandante do jogo vendeu os bilhetes e, com isso, o jogo já valeu como a punição.

Desta forma, o Rubro-Negro fará apenas mais um jogo sem a presença da torcida: contra o São Paulo, no dia 1º de outubro, no Morumbi.