Zé Ricardo define derrota como 'banho de água fria', mas mantém confiança no Fla

Técnico lamentou o resultado negativo, de virada, para o Internacional

Por O Dia

Rio Grande do Sul - A diferença que antes era de um ponto, agora é de quatro. A derrota para o Internacional, por 2 a 1, neste domingo, fez com que o Flamengo se afastasse mais do Palmeiras na briga pela liderança do Campeonato Brasileiro. O sentimento rubro-negro ainda piora, já que o time saiu na frente no jogo no Beira-Rio, mas cedeu o empate e depois a virada. Decepcionado, Zé Ricardo lamentou, mas não deu espaço para tristeza: projetou a equipe mais forte nas rodadas finais da disputa.

"Foi um banho de água fria, mas estamos completamente na briga. Sabemos que podemos render muito mais. Temos uma equipe forte, que já provou isso. Tanto dentro como fora de casa. Temos condição de fazer um resto de competição forte. Nos perdemos no gol de empate do Inter, não tivemos condição de buscar o empate", analisou Zé Ricardo, que completou:

"Acho que começamos a partida bem. Mas não sei se foi coincidência ou não, depois da saída do Everton, principalmente no quesito técnico, fizemos uma partida muito abaixo. Não conseguimos organizar a equipe. Conseguimos o gol, mas a pressão do Inter foi muito grande, acabamos tomando a virada. Fico chateado pelo jogo abaixo."

O Flamengo tem 60 pontos e ainda mantém a vice-liderança do Brasileirão - agora com quatro pontos de vantagem para o Atlético-MG, terceiro colocado. O Rubro-Negro volta a jogar apenas no próximo domingo, às 17h, contra o Corinthians. A partida marcará o retorno da equipe ao Maracanã.

"Grande expectativa contar com a nossa torcida também. Vai ser uma força a mais, com certeza vamos usar desse fator para nos fortalecer. Passada a ressaca, o Flamengo estará forte no domingo que vem", concluiu o técnico.