Muralha revela ansiedade por estreia como profissional no Maracanã

Goleiro conta que ainda busca ingressos: 'Meu pai é flamenguista e também está querendo vir ao jogo, além de outros familiares'

Por jessyca.damaso

Rio - O treino desta quinta-feira foi cercado de mistérios por parte do Flamengo. O técnico Zé Ricardo comandou as atividades a portas fechadas, no Ninho do Urubu. A partida contra o Corinthians, neste domingo, marca o reencontro do Rubro-Negro com o Maracanã - os ingressos já estão esgotados. Contente com a sua primeira partida com a camisa do Flamengo no Maior Estádio do Mundo,  Muralha aguarda com ansiedade o duelo contra o Timão.

"Meu primeiro sonho era vir para o Flamengo e isso se concretizou. O segundo é jogar no Maracanã lotado em um clássico vestindo essa camisa, algo que está próximo de acontecer. Antes de todo jogo do Flamengo dá um frio na barriga e, se tratando do Maracanã com a casa cheia, essa sensação é ainda maior. No entanto, precisamos ter calma nessa hora e nos concentrar para fazermos um grande jogo. Ainda há 21 pontos em disputa até o fim do campeonato e continuaremos lutando em busca desse objetivo", disse o goleiro.

Alex Muralha concedeu entrevista coletiva após o treino da manhã desta quinta-feiraGilvan de Souza / Flamengo / Divulgação

Foram colocadas 54.424 entradas à disposição dos torcedores, e a carga total é de 69.191 bilhetes para a partida contra o Corinthians. Em menos de 48 horas, todas as entradas já foram comercializadas. Muralha se mostrou empolgado com a mobilização da torcida, e espera uma linda festa na volta do Rubro-Negro ao Maracanã.

"É uma satisfação muito grande podermos ver toda essa movimentação que está acontecendo para um grande jogo como esse. Estamos há muito tempo sem o Maracanã, então estamos ansiosos para esse grande jogo. Todos estão correndo atrás dos ingressos, inclusive eu. Meu pai é flamenguista e também está querendo vir ao jogo, além de outros familiares. A família é grande, todo mundo feliz com o momento. Tomara que eu consiga", declara Muralha.

O elenco do Flamengo vai fazer um reconhecimento do campo no Maracanã, a portas fechadas, na manhã deste sábado. O goleiro ressaltou a importância de ter esse primeiro contato antes do jogo com um gramado que o grupo não está acostumado a jogar.

"Creio que, por não termos jogado lá há muito tempo, é importante trabalharmos lá antes do jogo. Precisamos nos adaptar às novas condições do campo, com a grama nova e tudo mais. É muito importante fazermos esse trabalho de reconhecimento antes do jogo".

Com 57 pontos o Flamengo ocupa a segunda posição na classificação do Campeonato Brasileiro. Na briga pelo título, a equipe precisa diminuir a diferença para o líder Palmeiras, que atualmente tem quatro pontos de vantagem na ponta da competição.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia