Zé Ricardo elogia 1º tempo do Flamengo e fala da dificuldade de jogar em Minas

Treinador rubro-negro explica as substituições realizadas na segunda etapa

Por O Dia

Rio - Depois de um grande primeiro tempo, o Flamengo caiu de produção na segunda etapa e quase saiu do Mineirão com uma derrota para o Atlético Mineiro. O técnico Zé Ricardo ressaltou a dificuldade de jogar no campo do Galo, mas lamentou as diversas chances disperdiçadas pelos jogadores rubro-negros.

Zé Ricardo comenta o empate do Flamengo com o GaloGilvan de Souza / Flamengo / Divulgação

"Foi uma partida cercada de variáveis e emoções. É muito difícil jogar aqui no Mineirão. O Atlético Mineiro é muito forte, com jogadores de muita movimentação. Fiquei feliz pelo primeiro tempo. Voltamos a jogar bem, mas no segundo tempo sofremos com as mudanças deles. Poderíamos ter definido o jogo com um segundo gol, mas sofremos dois. Acho que o gol no fim da partida veio fazer jus ao que fizeram as duas equipes", diz o treinador rubro-negro.

Leia também: Flamengo e Galo ficam no empate no Mineirão

O comandante do Flamengo explicou as substituições que acabaram prejudicando o rendimento da equipe na partida: "A estratégia das substituições era essa. A única dúvida era a entrada do Alan Patrick ou do Marcelo Cirino para fazer o setor esquerdo. Entedia que como o Atlético só tinha dois para três no setor de meio, a entrada do Patrick poderia dar superioridade. Não conseguimos encontrar o melhor momento, tivemos contra-ataques, mas desperdiçamos passes. Tivemos um grande adversário com estádio tomado. O placar no fim da partida nos faz enaltecer nosso grupo. Se conseguirmos manter o espírito do jogo contra o Corinthians e o primeiro tempo do jogo contra o Atlético, podemos buscar coisas importantes", finaliza Zé Ricardo.