Maldição do Maracanã! Flamengo empata com Coritiba e dá adeus ao título

Time abre 2 a 0, mas é pressionado pelo Coxa e acaba cedendo empate. Rubro-negro não pode mais alcançar o Palmeiras no Brasileirão

Por O Dia

Rio - Não tem mais cheirinho. O Flamengo chegou a abrir 2 a 0 no primeiro tempo contra o Coritiba, no Maracanã, neste domingo, mas acabou pressionado e cedeu o empate aos paranaenses. Com o resultado de 2 a 2, o time chegou aos 67 pontos e não pode mais alcançar o líder Palmeiras, que tem 74. No final da partida, os torcedores que encheram o estádio vaiaram muito a equipe treinada por Zé Ricardo e gritaram 'time sem vergonha'.

Flamengo até começou bem%2C mas cedeu empate ao CoxaSeverino Silva / Agência O Dia

No domingo que vem, o adversário será o Santos, vice-líder, com 68, também no Maracanã. Desde que voltou a atuar no estádio, que era considerado um trunfo para a conquista do hepta, o Flamengo não sabe o que é vencer.

Leia também: Torcedores gritam 'time sem vergonha' e Réver diz entender revolta

Empurrado pela torcida, o Flamengo abriu o placar logo no primeiro minuto: Éverton cruzou da esquerda e Gabriel completou para o gol.

Confira as melhores fotos de Flamengo x Coritiba

Pressionado, o Coritiba demorou a chegar ao ataque. Mas conseguiu levar perigo aos 26: após uma jogada ensaiada, Nery cabeceou para boa defesa de Alex Muralha.

O Flamengo, no entanto, não deixou o Coritiba crescer e ampliou aos 28: após mais um cruzamento de Éverton, Diego marcou um belo gol. O Flamengo teve a chance de fazer o terceiro aos 40, quando Willian Arão recebeu ótimo passe de Guerrero, mas parou na defesa de Wilson.

O Coritiba descontou em seguida: após cobrança de escanteio, Kazim mandou no travessão e Amaral aproveitou o rebote para diminuir, aos 42.

No segundo tempo, Gabriel — que sentiu um desconforto muscular na coxa direita — deu lugar a Mancuello.

Guerrero teve a chance de marcar o terceiro, mas mandou para fora. O Coritiba voltou a pressionar e perdeu duas oportunidades. No primeiro lance, Jorge salvou o Flamengo e, logo em seguida, Muralha fez a defesa.

O jogo seguiu movimentado e o Rubro-Negro por pouco não ampliou: Guerrero cabeceou na trave, aos 18. Muralha voltou a fazer duas defesas na sequência, salvando o Flamengo. Fernandinho também teve chance de marcar, mas desperdiçou.

O Coritiba acabou arrancando o empate aos 42, com Kleber. Decepcionada, a torcida protestou na saída dos jogadores e vaiou.


FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 2 x 2 CORITIBA

FLAMENGO - Alex Muralha; Pará, Réver, Rafael Vaz e Jorge; Márcio Araújo (Felipe Vizeu), Willian Arão e Diego; Gabriel (Mancuello), Everton (Fernandinho) e Guerrero. Técnico: Zé Ricardo.

CORITIBA - Wilson; Walisson Maia, Nery, Juninho e César Benítez (Carlinhos); Amaral, Yan e Raphael Veiga (Iago); Kazim (Vinícius), Leandro e Kleber. Técnico: Paulo Cesar Carpegiani.

GOLS - Gabriel, a 1, Diego, aos 28, e Amaral, aos 42 minutos do primeiro tempo; Kleber, aos 43 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Rafael Vaz (Flamengo); Leandro e Amaral (Coritiba).

RENDA - R$ 1.567.534,00.

PÚBLICO - 35.066 pagantes (40.802 presentes).

ÁRBITRO - Ricardo Marques Ribeiro (FIFA-MG).

LOCAL - Estádio do Maracanã, no Rio.