Torcedores gritam 'time sem vergonha' e Réver diz entender revolta

Zagueiro afirma que segundo tempo foi abaixo da média e quer se despedir do Maracanã com vitória contra o Santos no próximo domingo

Por O Dia

Rio - Como não poderia ser diferente, o clima entre os jogadores do Flamengo ao final da partida onde se despediu do título brasileiro era péssimo. Ainda mais depois de ter boa vantagem contra o Coritiba num Maracanã cheio e ceder o empate. No final da partida, os torcedores gritaram 'time sem vergonha' para os jogadores.

Torcida lotou o Maracanã e saiu decepcionada com o FlamengoSeverino Silva / Agência O Dia

O zagueiro Réver concordou com a revolta da torcida: "É o sentimento do torcedor, poderíamos ter liquidado o jogo, mas fizemos um segundo tempo bem abaixo. O empate tira sonho nosso do título, que vai por água abaixo. Temos que levantar a cabeça, buscar a vitória contra o Santos. Terminar bem com vitória dentro de casa. Não conseguimos ainda isso justamente onde mais queríamos jogar. É ficar calmo, tentar ver o que fizemos de errado. Torcecor no apoiou e está no direito de cobrar", analisou o defensor.

Confira as melhores fotos de Flamengo x Coritiba

Leia também: Maldição do Maracanã! Flamengo empata com Coritiba e dá adeus ao título

Na penúltima rodada o Flamengo enfrenta o Santos no mesmo Maracanã às 17h do próximo domingo. Agora, a luta é pelo vice-campeonato e por uma vaga direta na fase de grupos da Libertadores.