Flamengo inaugura CT do time profissional

Rubro-Negro comemorou os 35 anos da conquista do mundial com a apresentação das novas instalações do Ninho do Urubu

Por O Dia

Rio - No dia em que o Flamengo completou 35 anos do título mundial no Japão, o clube inaugurou o módulo profissional do Ninho do Urubu. No mesmo terreno comprado, em 1984, usando o dinheiro da venda para a Udinese de Zico, símbolo daquele time de 1981. A expectativa é que a nova estrutura dê condições ao Rubro-Negro de sonhar com voos tão altos quando aquele dado há mais de três décadas. "Queremos ganhar tudo", afirmou o presidente Eduardo Bandeira de Mello.

Flamengo apresentou as novas instalações da equipe profissionalGilvan de Souza / Flamengo / Divulgação

"Se fosse na minha época, dava para ter chegado (à final da Libertadores e do Mundial) muito mais vezes. E não seria preciso jogar no ‘carecão’ (campo de terra da Gávea)", garantiu Zico, que terá uma estátua no CT.

Quem já tem monumento em sua homenagem na porta do Ninho é o ex-presidente George Helal, que dá nome ao CT. Num meio cheio de vaidades, o antigo dirigente, de 85 anos, embora tenha sido quem efetuou a compra do terreno, não reivindica a paternidade do projeto.

"Sinto orgulho de ter sido chamado de visionário por pessoas como o Zagallo. Outras me chamaram de louco. Mas não quero ser o pai de nada. Apenas gostaria que, de vez em quando, lembrassem de falar CT George Helal", disse.

Com 24 quartos duplos, área de convivência, academia, salão de jogos, refeitório, auditório, entre outras estruturas, o lugar está quase pronto. Falta apenas concluir o campo 5, o que deve acontecer até o fim de janeiro.

Flamengo inaugura seu CT profissionalGilvan de Souza / Flamengo / Divulgação

"Foi um passo gigantesco. Mas há muito trabalho pela frente", disse o vice de patrimônio Alexandre Wrobel, que há seis anos se dedica ao projeto.