Vice do Flamengo detona Felipe Melo: 'Foi acusado de esfaquear um cara no Rio'

Antonio Tabet foi além e disse que o novo reforço palmeirense não é o tipo de jogador que ele desejaria ver no clube

Por O Dia

Rio - A relação entre Palmeiras e Flamengo não é das melhores desde a temporada passada, quando ambos disputavam o título do Brasileirão. Na ocasião, o Verdão levou a melhor e levantou o caneco. A contratação do polêmico Felipe Melo reacendeu novamente essa rivalidade.

Antonio Tabet alfineta o mais novo reforço do Palmeiras, Felipe MeloAlexandre Brum / Agência O Dia

Antonio Tabet, vice-presidente de comunicação do Flamengo, é uma pessoa conhecida nas redes sociais. Responsável pelo site humorístico Kibe Louco e roteirista do programa Porta do Fundos, o dirigente aproveitou a entrevista à Rádio Globo, no último domingo, para fazer duras critícas ao volante do Palmeiras.

"Ele me elogiou como comediante, fiquei lisonjeado. Ele diz que eu o faço rir, mas infelizmente não tenho este tipo de reação quando assisto aos vídeos do Felipe Melo. Ele diz que não é um jogador violento, mas para mim ele é um jogador violento. Se você procurar os melhores momentos dele em compilações, tem muito mais carrinhos do que passes precisos ou gols. Ele é um cara que coloca esse espírito de violência em campo. O cara que fala ‘o meu tipo de futebol é o que tem tapa na cara’ não é o tipo de cara que eu quero ver no Flamengo", disse Antonio Tabet.

O dirigente ainda relembrou um episódio que ocorreu com o volante em 2005, e voltou a afirmar que o caso serve de base para que o atleta seja visto como violento.

"Futebol é esporte, futebol é pra ser jogado. O senhor Felipe Melo, antes de ir embora do Brasil, foi acusado de esfaquear um cara aqui no Rio de Janeiro. Eu não sei como é que terminou essa história, qualquer um pode procurar no Google. Isso também contribui para a maneira como você enxerga o atleta".

Após a declaração do dirigente, o comentarista Jorge Nicola criticou a postura de Antonio Tabet no programa 'Bate-Bola', da ESPN, e ainda disse que o vice-presidente do Flamengo "quer um pouquinho de espaço para aparecer à custa do Felipe Melo".