Caso ganhe a concessão do Maracanã, Flamengo promete ceder o estádio aos rivais

Eduardo Bandeira de Mello disse que acordo com o governo do Rio de Janeiro pode ser resolvido até meados de fevereiro

Por O Dia

Rio - O enredo envolvendo a concessão do Maracanã está próximo do fim. Segundo o site UOL, o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello garante que se o consórcio parceiro do clube ficar com a administração do estádio, o time da Gávea não irá causar problemas aos rivais da cidade.

'Não vamos impedir o acesso de qualquer clube", garantiu Eduardo Bandeira de MelloGilvan de Souza / Flamengo / Divulgação

"Discutimos a questão do Maracanã. Existe uma preocupação geral, mas estamos próximos de um desfecho. O governo do RJ e a concessionária estão próximos de uma solução. Prometemos aos clubes que não vai ter nenhum tipo de restrição a nenhum deles se o consórcio que o Fla é associado vencer. Não vamos impedir o acesso de qualquer clube", declarou o presidente rubro-negro.

Se o governo do Rio de Janeiro julgar que os dois consórcios que disputam o Maracanã estiverem preparados para administração, o estádio será repassado novamente à Odebrecht e esta escolherá o vencedor. Na sequência, o governo dará um novo parecer.

O presidente do Flamengo ainda disse que a solução do caso está por detalhes e acredita que em meados de fevereiro tudo já estará resolvido.