Foco na Libertadores: Flamengo volta as atenções para jogo contra o San Lorenzo

Zé Ricardo promete postura diferente da que teve o time que goleou a equipe argentina no Maracanã: 'teremos uma batalha em Buenos Aires'

Por O Dia

Rio - Depois de estrear no Campeonato Brasileiro com um empate em 1 a 1 diante do Atlético-MG, no sábado, no Maracanã, o Flamengo volta suas atenções para a disputa da Copa Libertadores. Nesta quarta-feira, às 21h45, o Rubro-Negro enfrenta o San Lorenzo, em Buenos Aires, precisando de um ponto para avançar às oitavas de final do torneio continental sem depender de outro resultado.

Zé Ricardo afirmou que o empate não é o objetivo da equipeGilvan de Souza / Flamengo / Divulgação

"Vamos encontrar um time diferente do que enfrentamos no Maracanã (o Flamengo goleou o San Lorenzo por 4 a 0, na estreia, em casa). Precisamos de pelo menos um ponto para sairmos classificados. Mas não jogaremos pelo empate, mesmo sabendo que nos interessa. Ficar dependendo de um jogo por um ponto é difícil. Eles mostraram ser uma equipe muito forte. Teremos uma batalha em Buenos Aires", alertou o técnico Zé Ricardo.

Após a estreia no Brasileirão, ele comentou o fato de o Flamengo estar disputando sua quinta competição no ano. Além do Brasileiro, constam do calendário rubro-negro em 2017 o Campeonato Carioca, a Primeira Liga, a Copa do Brasil e a Libertadores.

"Efetivamente sinto falta de treinamento. Porque, quando tem uma equipe como a do Atlético-MG, você precisa de treinos mais específicos. Então, minha maior necessidade é treinamento. Com certeza, com mais treinamento, poderíamos ter feito uma partida melhor. Todo treinador sente. O Atlético conseguiu uma semana cheia para trabalhar, com certeza tiveram mais tempo para trabalhar", completou Zé Ricardo.