Em dia de 'decisão', Zico dá receita para o Flamengo avançar na Libertadores

Mas o Galinho de Quintino pede atenção para o Rubro-Negro não cometer os mesmos erros nas duas derrotas fora de casa

Por O Dia

Rio - Para se garantir nas oitavas de final da Libertadores, o Flamengo encara nesta quarta-feira, às 21h45, o San Lorenzo, na Argentina. O Rubro-Negro depende apenas de um ponto para conseguir avançar de fase na competição internacional. E, para Zico, o maior ídolo da história do clube, o time da Gávea precisa repetir a boa atuação das partidas anteriores, mas pede atenção para não cometer os mesmo erros nas duas derrotas fora de casa.

Zico ao lado do vice do Flamengo%2C Mauricio Gomes no lançamento da camisa autografada dos Ídolos EternosDaniel Castelo Branco / Agência O Dia

"O Flamengo tem que jogar como fez nos outros cinco jogos. Atuou melhor em todos. Mas não pode perder os gols quando está dominando o jogo. Aconteceu contra Universidad Católica e Atlético-PR, então, não pode deixar isso acontecer de novo. Que sirva de exemplo", disse o Galinho de Quintino no lançamento da camisa Ídolos Eternos, que traz autógrafos de jogadores que marcaram época no clube e visa a arrecadação de fundos para a manutenção do patrimônio histórico rubro-negro.

"Temos confiança, acreditamos na classificação. O Flamengo fez cinco boas partidas, mas infelizmente perdeu dois jogos. Era para já estar classificado pelo o que jogou. Então, vai brigar porque só depende dele, basta um ponto, mas não pode perder, para não depender da Católica", acrescentou Zico.

Quem também marcou presença no evento foi Andrade, campeão mundial em 1981 e técnico da campanha do hexacampeonato do Brasileirão de 2009. O ex-comandante do Flamengo afirmou que o time precisa manter sua forma de jogar e ter a mesma postura de quando atua em casa.

"Não pode mudar a forma de jogar. O Flamengo criou a sua forma e tem que manter, de time agressivo, que joga no campo do adversário. Tem que ter a mesma postura de quando joga no Maracanã", declarou Andrade.

O jogo entre Flamengo e San Lorenzo na noite desta quarta-feira tem caráter decisivo. Se empatar com o time argentino o clube carioca se classifica. Perdendo, terá que torcer para que o Atlético-PR não derrote a Universidad Católica, no Chile.

Reportagem da estagiária Jessyca Damaso