Zé Ricardo ganha crédito da diretoria para as próximas três rodadas em casa

Treinador rubro-negro ainda segue com prestígio no Flamengo

Por O Dia

Rio - Apesar da atuação ruim e da quarta partida seguida sem vencer no Brasileiro, Zé Ricardo segue no comando do Flamengo. Mesmo muito pressionado nos últimos dias, o treinador ganhou um voto de confiança da diretoria para a sequência de três rodadas no Rio. O recado segue o mesmo: ou o time muda a postura e volta a vencer ou não haverá como mantê-lo no cargo.

Zé Ricardo considera a falta de confiança o principal problema do time neste momentoGilvan de Souza / Flamengo / Divulgação

"Nada foi colocado em condicional. A gente sabe que conviver com resultados ruins coloca qualquer profissional sob pressão. Tenho consciência. No dia que entenderem que as coisas não devem continuar, vou entender. Estou muito tranquilo e sabia que não ia passar esse tempo todo sem alternância (de fase). Tenho convicção de que vamos sair juntos dessa situação", afirmou Zé Ricardo.

Ele considera a falta de confiança o principal problema do time neste momento: "Só com vitória teremos tranquilidade para jogar e trabalhar. O time precisa de mais confiança para buscar o resultado. Pode ter certeza de que não tem ninguém satisfeito com esse início. Se tivermos vitória contra a Ponte Preta, as coisas vão engrenar."

Apesar do momento ruim e da pressão da torcida, que protestou nos últimos dias, Zé Ricardo pediu o apoio dos rubro-negros e aposta na Ilha do Urubu como trunfo contra a Ponte Preta. O treinador pretende fazer mais mudanças na equipe, mas não adiantou se mexerá com Willian Arão ou Márcio Araújo.

Ontem, o presidente Bandeira de Mello disse que alguns jornalistas torcem pela queda do técnico, mas garantiu: "O Zé Ricardo terá o tempo que for necessário".

SEM INTERFERÊNCIA DA TV

Chefe de Arbitragem da CBF, o coronel Marcos Marinho negou ao site Globoesporte.com interferência externa na decisão da arbitragem de anular o pênalti para o Avaí. "Tenho absoluta certeza, até porque as recomendações são muito severas quanto a isso."