Com Zé Ricardo pressionado, Flamengo precisa vencer na 'estreia' em arena

Campanha do time carioca está muito abaixo da esperada para um clube que não tem poupado em contratações e possui um dos melhores elencos do Brasil, ainda que nem todas as peças estejam já à disposição

Por O Dia

Rio - O Flamengo não pode pensar em qualquer outro resultado que não seja a vitória nesta quarta-feira. Em crise e bastante pressionado pela torcida, o time rubro-negro encara a Ponte Preta às 21 h, no estádio Luso-Brasileiro, no Rio, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro, em confronto que pode ser decisivo para a sequência do técnico Zé Ricardo no cargo.

Flamengo estreia na Arena da Ilha nesta quarta-feira contra a Ponte PretaReprodução Twitter

Por mais que os dirigentes garantam o respaldo a Zé Ricardo, a péssima sequência de resultados e o pobre futebol apresentado pela equipe pesam contra o treinador. A torcida já protestou no aeroporto e no Ninho do Urubu e a pressão pode ficar insustentável em caso de novo tropeço.

Afinal, o Flamengo soma apenas sete pontos após seis rodadas do Brasileirão, com somente uma vitória. Campanha muito abaixo da esperada para um clube que não tem poupado em contratações e possui um dos melhores elencos do Brasil, ainda que nem todas as peças estejam já à disposição.

Talvez por essa pressão, Zé Ricardo fez mistério e não confirmou a escalação que entrará em campo para encarar a Ponte Preta. No empate do último domingo diante do Avaí, em Florianópolis, Alex Muralha e Ederson já deixaram o time para as entradas de Thiago e do garoto Vinicius Júnior, respectivamente, e estas alterações devem ser mantidas.

Mas a torcida flamenguista pressiona para outras alterações, principalmente no meio de campo. Em baixa, Márcio Araújo e Willian Arão têm sido bastante criticados, mas ao menos em relação ao segundo, Zé Ricardo garantiu a manutenção entre os titulares. "O Arão é um jogador fundamental para a nossa equipe. Ele vai sair dessa fase dentro de campo, jogando", disse nesta terça-feira.

Se a escalação ainda é uma incógnita, a esperança de vitória recai sobre alguns dos poucos jogadores que ainda contam com apoio irrestrito da torcida. O principal deles é o meia Diego, que fará o seu terceiro jogo após se recuperar de grave lesão no joelho e ainda não retomou o grande futebol do início do ano.

Independente do resultado e de quem for a campo, a partida desta quarta-feira marcará a "estreia" do Flamengo no local que será a sua casa neste Brasileirão. Após meses de reforma, o time rubro-negro finalmente fará o seu primeiro jogo no Luso-Brasileiro, apelidado de "Ilha do Urubu" pelo clube, após uma parceria que transformou o tradicional estádio da Portuguesa carioca.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO - Thiago; Pará, Réver, Juan (Rafael Vaz) e Renê; Márcio Araújo (Cuéllar), Willian Arão, Diego, Éverton e Vinícius Júnior; Leandro Damião. Técnico: Zé Ricardo.