Guerrero desencanta, marca três e comanda goleada do Flamengo sobre a Chape

Diego ainda fez dois na vitória do Rubro-negro nesta quinta na Ilha

Por O Dia

Rio - Com uma campanha ainda irregular no Brasileirão, pelo menos na Ilha do Urubu, o Flamengo vem se dando bem. No segundo jogo no estádio, o Rubro-negro voltou a vencer, desta vez contra a Chapecoense e de goleada: 5 a 1.

Com o resultado, a equipe carioca chegou aos 14 pontos e colou no G-6. O Fluminense está na frente do Flamengo por ter uma vitória a mais na competição. Guerrero foi o destaque da partida com três gols. O peruano ainda não havia marcado no Brasileirão. Diego fez outros dois. Victor Ramos diminuiu para o time catarinense.

Neste domingo, o Rubro-negro volta aos gramados pelo Brasileirão. O rival será o Bahia, na Fonte Nova. Já a Chapecoense joga no mesmo dia contra o Atlético-MG, na Arena Condá.

Flamengo derrotou a Chapecoense por 5 a 1Daniel Castelo Branco / Agência O Dia

O JOGO

O primeiro tempo entre Flamengo e Chapecoense foi do jeito que a torcida rubro-negra esperava. Sem dar chances ao rival, a equipe da Gávea construiu uma boa vantagem na partida realizada no Estádio Luso-Brasileiro, agora chamado de Ilha do Urubu.

A primeira oportunidade dos cariocas aconteceu aos quatro minutos. Rodinei cobrou lateral para a área, a defesa dos catarinenses não conseguiu cortar e por muito pouco Guerrero não marcou. O peruano apareceu livre, mas cabeceou para fora.

O gol rubro-negro não demoraria a sair. E foi um golaço. Aos 13 minutos, Rodinei foi no fundo e fez o cruzamento, a defesa da Chapecoense afastou e Diego pegou de primeira, mandando um balaço sem chances de defesa para Jandrei.

Diego fez dois gols na vitória do FlamengoDaniel Castelo Branco / Agência O Dia

O segundo do Flamengo saiu logo depois. Diego puxou contra-ataque e cruzou, a bola passou por toda a zaga da Chape e Guerrero tocou meio dividido com Douglas Grolli, mas a bola foi para o fundo das redes. Foi o primeiro gol do peruano no Brasileirão.

Antes do intervalo, o Rubro-negro ainda teve uma boa oportunidade de fazer o terceiro. Diego lançou Guerrero, que invadiu a área, porém, o peruano não caprichou no chute e finalizou em cima do goleiro Jandrei.

A segunda etapa começou com o Flamengo quase fazendo o terceiro. Berrío lançou Guerrero, que ficou cara a cara com Jandrei, mas o peruano novamente não finalizou de forma correta e facilitou a defesa do goleiro do time catarinense.

Aos dez minutos, a Chapecoense mostrou que ainda estava ligada na partida. Após cobrança de lateral de Reinaldo, o goleiro Thiago se atrapalhou com a bola e Victor Ramos apareceu para diminuir e colocar fogo na partida na Ilha do Urubu.

O duelo ficou mais aberto. A Chapecoense insistia em lances de bola área. Porém, foi em um lance assim que o Flamengo deu números finais à partida. Aos 30 minutos, depois de escanteio, Arão cabeceou, Jandrei fez a defesa e no rebote, Guerrero conferiu.

Ainda havia tempo para mais dois. Aos 33 minutos, Diego recebeu de Guerrero e finalizou para fazer o quarto. Logo depois da saída de bola, o peruano ainda apareceu para marcar o seu terceiro na partida e finalizar a goleada da equipe da Gávea.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 5 X 1 CHAPECOENSE

Local : Ilha do Urubu, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro : Leandro Bizzio Marinho (SP)
Cartões amarelos: Éverton, Juan e Rômulo (FLA); Girotto (CHA)
Público e renda: 14.632 presentes / 13.436 pagantes / R$ 834.628,00
Gols: Diego, 13'/1°T (1-0); Guerrero, 18'/1°T (2-0); Victor Ramos, 10'/2°T (2-1); Guerrero, 29'/2°T (3-1); Diego, 33'/2°T (4-1); Guerrero, 36'/2°T (5-1)

Flamengo: Thiago, Rodinei, Réver (Rhodolfo, 18'/2°T), Juan e Trauco; Márcio Araújo (Rômulo, 32'/2°T), Arão e Diego; Berrío, Éverton (Vinicius Júnior, 38'/2°T) e Guerrero. Técnico: Zé Ricardo.

Chapecoense : Jandrei, Apodi, Grolli, Victor Ramos e Reinaldo; Andrei Girotto, Luiz Antônio e Seijas (Perotti, intervalo); Rossi (Lucas Mineiro, 35'/2°T), Arthur Caike e Wellington Paulista (Túlio de Mello, 30'/2°T). Técnico : Vagner Mancini.