Flamengo corre para ter Geuvânio em clássico contra o Vasco

Rubro-negro ainda aguarda documento de clube chinês para inscrevê-lo

Por O Dia

Rio - O Flamengo tem pressa para poder contar com Geuvânio no sábado, contra o Vasco, em São Januário, pelo Campeonato Brasileiro. O jogador ainda não foi registrado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF porque seu último clube, o Tianjin Quanjian, da China, não enviou ao Brasil o Certificado de Transferência Internacional, e o prazo se encerra nesta quinta-feira. O clube pode até acionar a Fifa para ter o jogador à disposição no clássico.

Geuvânio ainda não foi inscrito no BIDGilvan de Souza / Flamengo / Divulgação

O envio do certificado deve ser feito em até 15 dias após a assinatura do contrato, firmado no dia 21 de junho. Como Geuvânio chegou ao Brasil há duas semanas e o documento ainda não foi liberado pelos chineses, o Flamengo deve pressionar a Fifa para acelerar a regularização. O maior obstáculo da diretoria rubro-negra, no momento, é a atuação do Santos nos bastidores. O clube paulista, formador de Geuvânio, vendeu o atacante para o Tianjin Quanjian com uma cláusula de preferência de compra em caso de retorno ao Brasil. Com o empréstimo de um ano e meio ao Flamengo, o Santos agora cobra uma compensação financeira pelo descumprimento do acordo. O contrato entre Flamengo e Tianjin prevê a divisão do salário entre os dois clubes — os rubro-negros pagam aproximadamente R$ 500 mil.

Geuvânio fez 34 partidas na China e marcou nove gols. Sem problemas de lesão, ele já estaria pronto fisicamente para estrear pelo Flamengo no domingo, contra o São Paulo, o que não aconteceu.
O atacante, oitavo reforço para a temporada, já até participou de um jogo-treino com o Resende, no Ninho do Urubu. A partida terminou com uma goleada rubro-negra por 6 a 0, e Geuvânio foi um dos destaques da atividade.