Presidente Bandeira de Mello discute com torcedores do Flamengo

Dirigente rubro-negro também ironizou o treinador Cuca, do Palmeiras, que reclamou dos cartões amarelos recebidos por sua equipe

Por O Dia

Rio - A revolta com o amargo empate com o Palmeiras não afetou apenas o técnico Zé Ricardo. O presidente Eduardo Bandeira de Mello, ao sair do camarote onde acompanhava a partida, foi xingado por alguns torcedores e reagiu — o clima ficou tenso e Bandeira teve de ser contido por seguranças.

Bandeira de Mello criticou o árbitro Jailson Macêdo FreitasGilvan de Souza / Flamengo / Divulgação

Bandeira ainda ironizou o técnico Cuca, do Palmeiras, que reclamou dos cartões amarelos recebidos por sua equipe, e disse que o Alviverde vem sendo beneficiado pela arbitragem.

"Tô com pena do Cuca e do Palmeiras. Está certo que o Palmeiras tem sido favorecido pelas arbitragens, mas não sabia que eles tinham o direito de imunidade contra amarelos", disse Bandeira de Mello.

A revolta do presidente rubro-negro também foi com o árbitro Jailson Macedo de Freitas. "É muito desagradável você perder pontos nessas circunstâncias. Dá vontade, às vezes, de desistir. Se isso é futebol, não tenho o menor prazer em participar disso", afirmou o presidente ao canal 'Fox Sports'.