Rueda quebra a cabeça para montar o Flamengo para duelo contra a Ponte

Rubro-negro não terá Guerrero, Cuéllar, Trauco e Berrío nesta segunda

Por O Dia

Rio - Muito pressionado após a perda do título da Copa do Brasil, o Flamengo tenta reencontrar o caminho das vitórias no Campeonato Brasileiro, nesta segunda-feira, às 20h, contra a Ponte Preta, em Campinas. E o técnico Reinaldo Rueda terá problemas para escalar a equipe. Ele não poderá contar com Guerrero e Trauco, convocados pelo Peru, Cuéllar, na seleção da Colômbia, e Berrío, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

Flamengo enfrenta a Ponte em CampinasGilvan de Souza / Flamengo / Divulgação

O treinador já decidiu que vai levar força máxima ao Estádio Moisés Lucarelli. No gol, Diego Alves retoma a condição de titular. Everton Ribeiro entra no lugar de Berrío, Renê substitui Trauco, Márcio Araújo joga na vaga de Cuéllar e Lucas Paquetá, na de Guerrero. Diego, convocado para a seleção brasileira, estará em campo amanhã e depois vai se apresentar a Tite.

Com o time em sétimo lugar no Brasileiro, Rueda sabe que uma vitória é fundamental para acalmar o ambiente. Ele fez elogios ao grupo, lembrando que reúne uma ótima mescla entre jogadores jovens e experientes. E advertiu que, no futebol, não há tempo para lamentações. "O futebol é assim, há uma revanche a cada 72 horas. O comprometimento é sempre tentar ganhar. Vamos trabalhar para isso."

Conquistar os três pontos na partida de amanhã é fundamental para que o Flamengo se mantenha próximo da zona da Libertadores.