Flamengo sofre contra jogo aéreo e acaba derrotado pelo São Paulo

Rubro-Negro levou dois gols na primeira etapa e não conseguiu crescer

Por O Dia

São Paulo - O Flamengo voltou a perder no Campeonato Brasileiro, ao ser derrotado pelo São Paulo, por 2 a 0, dentro do Pacaembu. Pouco criativo e com problemas para se defender contra o jogo aéreo adversário, o time carioca sofreu dois gols no primeiro tempo e não teve forças para buscar o resultado.

Enquanto o Rubro-Negro pecava na armação das jogadas, os donos da casa aproveitaram as jogadas pelo alto para sair do primeiro tempo com a vantagem. Em escanteio cobrado por Hernanes, Edimar raspou na primeira trave e Pratto completou, abrindo o placar, com muitas reclamações de que teria tocado com a mão.

No fim da primeira etapa, Cueva levou ao fundo, fez o cruzamento e Hernanes testou para o fundo do gol. O Flamengo ainda teve boas oportunidades na segunda etapa, mas parou em Sidão e em finalizações sem pontaria.

Apesar do resultado negativo, o clube ainda se mantém na 6ª colocação do Brasileirão, com 46 pontos, mas pode ser ultrapassado pelo Botafogo, que joga nesta segunda-feira, contra o Corinthians.

Diego começou no banco%2C entrou na segunda etapa%2C mas não conseguiu mudar o rumo da partidaStaff Images/Flamengo

O JOGO

Depois de uma exibição muito fraca contra o Fluminense, o São Paulo foi pra campo com o meio de campo reforçado. Jucilei voltou ao time após cinco partidas no banco de reservas para tentar dar mais consistência ao setor e liberar Petros e Hernanes para construírem jogadas. E a estratégia do treinador são-paulino deu certo.

Aos 13 minutos, Hernanes cobrou escanteio e Edimar desviou. Réver tentou cortar o lance e acertou Pratto, que chegava na segunda trave. A bola acabou resvalando no braço do atacante argentino e entrou no gol.

Apesar de ter vantagem no marcador, o São Paulo continuou pressionando. Do outro lado, o Flamengo sentia muito as ausências de seus dois principais jogadores: Guerrero e Diego. O peruano estava com dores musculares e sequer viajou com a delegação. Já o meia começou o jogo no banco de reservas por não ter se recuperado de uma pancada na panturrilha esquerda.

E o volume de jogo do time da casa foi premiado com outro gol. Cueva avançou livre pela direita e encontrou Hernanes na marca do pênalti. O meia, livre, cabeceou forte para vencer Diego Alves.

Se na primeira etapa o São Paulo foi muito superior, no segundo tempo o time repetiu um erro das últimas rodadas e recuou. A mudança de postura chamou o Flamengo pra cima. Mesmo sem muita criatividade, os cariocas abusaram dos cruzamentos na área. Mas uma sólida atuação defensiva são-paulina e do goleiro Sidão, que fez duas boas defesas nos acréscimos, impediram os rivais de tirarem o zero do placar.

Mais aliviado, o São Paulo está em 14º lugar no Brasileirão e voltará a jogar no sábado, novamente no Pacaembu, contra o Santos. O Flamengo é o sexto, com 46. O seu próximo compromisso será na quarta-feira, pela Copa Sul-Americana, contra o Fluminense, no Maracanã.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 2 X 0 FLAMENGO

Local: Pacaembu, São Paulo (SP)
Árbitro: Rafael Traci (PR)
Auxiliares: Ivan Carlos Bohn e Luciano Roggenbaum (ambos do PR)
Público/renda: 31.285pagantes/R$ 887.460,00
Cartões amarelos: Sidão (SAO); Cuellar (FLA)
Cartões vermelhos: -
Gols: Lucas Pratto (13'/1ºT) (1-0); Hernanes (39'/1ºT) (2-0)

SÃO PAULO: Sidão; Militão (Aderllan Santos 49'/2ºT), Arboleda, Rodrigo Caio e Edimar; Jucilei; Cueva (Jonatan Gomez 36'/2ºT), Petros, Hernanes e Marcos Guilherme (Denilson 45'/2ºT); Lucas Pratto. Técnico: Dorival Júnior

FLAMENGO: Diego Alves; Pará, Réver, Rhodolfo e Trauco; Willian Arão e Cuéllar; Berrío (Diego 5'/2ºT), Geuvânio (Lucas Paqueta - Intervalo) e Éverton (39'/2ºT); Éverton Ribeiro. Técnico: Reinaldo Rueda.

Com informações do Estadão Conteúdo