Flamengo defende Guerrero: 'Sempre teve conduta profissional exemplar'

Clube carioca fez uma declaração oficial sobre o suposto doping

Por O Dia

Rio -  O atacante peruano Paolo Guerrero foi suspenso por 30 dias pela FIFA, na última sexta-feira, depois de resultado analítico adverso detectado em exame antidoping em urina coletada na partida contra a Argentina, informou a Federação Peruana de Futebol (FPF).

Guerrero é pego no doping e irá desfalcar o FlamengoAFP

A decisão tira o atacante dos duelos de repescagem para a Copa do Mundo da Rússia-2018 contra a Nova Zelândia e impossibilita o atleta defender o Flamengo no Brasileirão e na Copa Sul-Americana contra o Junior Barranquilla, da Colômbia. A substância S-6 se refere a uma categoria de estimulante, onde estão incluídas desde antigripais até drogas sociais como maconha e cocaína. A investigação pode demorar até 90 dias.

O Flamengo se posicionou sobre o caso e publicou um comunicado oficial em seu site, afirmando que tomou conhecimento do suposto doping e defendendo o atacante Guerrero, destacando sempre sua postura exemplar como profissional.

Confira a nota na íntegra. 

"O Clube de Regatas do Flamengo tomou conhecimento na noite desta sexta-feira da suspensão provisória de 30 dias imposta pela Comissão Disciplinar da FIFA ao atacante Paolo Guerrero. A decisão está relacionada a suposto caso de doping enquanto o atleta atuava pela seleção peruana nas Eliminatórias da Copa do Mundo. Por conta da suspensão, Guerrero não disputará a partida contra o Grêmio, neste domingo, pelo Campeonato Brasileiro.

Paolo Guerrero sempre teve conduta profissional exemplar no Flamengo e esperamos que toda a questão seja esclarecida o mais rápido possível.

Clube de Regatas do Flamengo"