Flu ainda acredita que poderá usar São Januário mesmo contra Tigre

São Januário tem data para ser entregue a FIFA no dia 26

Por O Dia

Rio - Sem saber qual será o próximo adversário na Libertadores, o Fluminense vive com possibilidade de perder São Januário como estádio para mandar suas partidas. Dependendo do classificado entre Olímpia-PAR e Tigre-ARG, o Tricolor poderá não jogar no estádio do Vasco.

Flu pode ficar sem São JanuárioDivulgação

No caso de classificação do time da Argentina, o Fluminense decidiria a eliminatória em casa, ou seja atuaria depois do dia 26 de maio, quando São Januário será entregue para treinamentos de algumas seleções para a Copa das Confederações.

''As informações que eu tive é de que quando a Fifa toma posse no estádio, ninguém entra mesmo. Nem funcionários do Vasco que tratam do gramado podem fazer o serviço'', afirmou o coordenador administrativo do clube, Marcelo Penha, à Rádio Tupi.

No entando, ainda há no Fluminense alguma esperança de que a entrega do estádio a FIFA aconteça apenas depois da partida do Tricolor na Libertadores.

''O Rodrigo Caetano (diretor executivo de futebol) está tocando, conversando com o Abel, priorizando a parte técnica. Ainda tenho uma esperança de fazer um apelo na Conmebol. É nosso elo de ligação com a Fifa, de ver se, mesmo cedido à Itália, utilizamos São Januário por, no máximo, cinco horas. Vou lá (Conmebol) esta semana para definir essa questão da Libertadores'', concluiu.