Por pedro.logato
Rio - Após a eliminação do Corinthians na Libertadores para o Boca, o Fluminense está em estado de alerta. Tudo por conta da reclamação dos paulistas de duas penalidades e de um gol que não foram validados pelo árbitro da partida, somado ao polêmico pênalti, que culminou com a vitória do Emelec, sobre o próprio tricolor, na primeira partida das oitavas de final da competição. Wellington Nem admitiu que todo o elenco tricolor está bastante preocupado com a arbitragem nas partidas do Tricolor no torneio.
Wellington Nem é uma das esperanças do FluminenseDivulgação

''Tem árbitro que prejudica o Fluminense, tem árbitro que não. (O elenco) chega sempre perguntando quem vai apitar o jogo. A gente fica ligado'', afirmou.

Porém não são só os árbitros estrangeiros que vem deixando Nem irritado. Segundo ele, o principal problema da arbitragem é a falta de critério, que atinge até mesmo os brasileiros.

''Tem árbitro brasileiro que está assim agora, não marcando qualquer falta. Depende da arbitragem. Os times da Libertadores são mais agressivos e no Brasil é mais técnico. Fica mais difícil jogar na Libertadores'', concluiu.