Por pedro.logato

Paraná - Com muita discrição. Assim o Fluminense pretende conquistar sua segunda vitória seguida sob o comando de Vanderlei Luxemburgo no Campeonato Brasileiro. Sem a privacidade desejada no Rio, o treinador fechou os dois treinos realizados na capital paranaense, e, misterioso, só revelará as novidades no time no confronto com o Atlético-PR, nesta quarta, às 19h30, no Durival de Britto.

Flu vai em busca de vitória em CuritibaAndré Luiz Mello / Agência O Dia

Apesar de toda cautela adotada, Luxemburgo acredita ter encontrado a formação ideal do Fluminense nas últimas rodadas. Dessa maneira, a equipe que venceu o Bahia por 1 a 0 no sábado terá poucas mudanças. Recuperado de lesão, Leandro Euzébio pode voltar no lugar de Anderson. Rhayner, que cumpriu suspensão automática, voltará no lugar de Marcos Junior. Mas Rafael Sobis deve ser o principal reforço contra o Furacão. Poupado, ele entrou apenas no segundo tempo da partida contra o Bahia.

Expulso no empate com o Atlético-MG, Rhayner quer apagar a má impressão. Conhecido pela entrega em campo, o atacante admitiu que precisa ser mais cauteloso para não prejudicar o Fluminense. Afinal, contra o Galo ele passou de herói a vilão e não pretende reviver a mesma situação contra o Furacão.

“O excesso de vontade acaba atrapalhando. Conversei isso com o professor Luxemburgo e com os companheiros. Tem hora que tenho que maneirar. Mas se deixar de correr vai me prejudicar ainda mais”, disse Rhayner.

Depois da vencer o Bahia, o Tricolor busca o segundo triunfo seguido. Esse feito só foi realizado uma vez na competição, nas duas primeiras rodadas, contra Atlético-PR e Criciúma. Com 22 pontos, o Fluminense ainda teme a proximidade da zona de rebaixamento e estabeleceu como meta uma arrancada para exorcizar de vez o ‘fantasma’ da Série B. Há seis partidas sem perder para o Furacão — com quatro vitórias e dois empates —, o Fluminense tem esperança na arrancada.

Você pode gostar