Fluminense sai atrás do placar de novo, mas busca o empate com o Coritiba

Gum marca e mantém série invicta do Tricolor no Brasileirão

Por O Dia

Rio - Mais uma vez o Fluminense deixou a desejar no primeiro tempo. Assim como no jogo contra a Portuguesa, o Tricolor foi para o intervalo perdendo por 1 a 0. Porém, nesta oportunidade, conseguiu apenas chegar ao empate: 1 a 1 com o Coritiba, neste sábado, no Maracanã. Agora o Flu está invicto há seis partidas, mas perdeu a oportunidade de se aproximar do G-4 do Brasileiro, agora tem 30 pontos e ocupa a oitava colocação. O Coxa tem um ponto a mais e está em sétimo lugar.

Guerreiro%2C Gum deu uma ajuda no ataqueCarlos Moraes / Agência O Dia

O Flu não conseguiu furar o bloqueio do Coxa no primeiro tempo e ainda foi castigado com um gol. No segundo tempo, nova reação, mas insuficiente para chegar à vitória.

Na próxima rodada, no sábado, às 18h30, o Fluminense enfrenta o Goiás no Serra Dourada. O Coritiba entra em campo no mesmo dia e horário para encarar o lanterna Náutico na Arena Pernambuco.

O JOGO

O Fluminense encontrou dificuldade no primeiro tempo para furar o bloqueio do Coritiba. Com este panorama, o Tricolor criou pouco. O Coxa aproveitou para assustar. Em cobrança de falta, Vitor Júnior, que defendeu o Botafogo, acertou o travessão. A segunda chance foi fatal. Escudero cruzou para Lincoln. Livre, ele abriu o placar no Maracanã.

O Tricolor não conseguiu reagir e ficou na bronca com a arbitragem. Chico abraçou Carlinhos na área. O árbitro Wagner Reway mandou seguir. O Coxa, por pouco, não ampliou o placar, mas parou em Cavalieri.

Luxemburgo fez logo duas mudanças no intervalo. O técnico colocou Biro Biro e Ronan. Saíram Diguinho e Carlinhos. O Fluminense chegou ao empate rapidamente. Aos cinco minutos, Biro Biro cruzou para área. Livre, Gum teve tempo de dominar e bateu para empatar o jogo: 1 a 1.

A virada aconteceu quase depois. Wagner avançou e arriscou de fora da área. A bola explodiu no travessão. Depois foi a vez de Bruno assustar. O chute foi na rede pelo lado de fora. Luxa fez a terceira mudança: Samuel na vaga de Rhayner.

O Flu aproveitava o recuo do Coritiba e encurralava o rival. Após jogada de Biro Biro, Sobis foi travado na hora de marcar. O Tricolor bem que tentou, mas não conseguiu chegar ao segundo gol. Vanderlei espalmou falta cobrada por Wagner já nos acréscimos. O Coxa teve chance de vencer. Em contra-ataque, Gil acertou a trave. No rebote, Dudu isolou. Sorte a do Flu.