Fluminense com fome de vitória

Luxa treina defesa do Flu para anular o gordinho Walter, astro do Goiás

Por O Dia

Rio - Campeão brasileiro com a melhor defesa em 2010 (36 gols sofridos) e em 2012 (33 gols), o Fluminense é oitava equipe mais vazada desse Brasileiro, com 30 gols. Em dia de treino integral, nas Laranjeiras, Vanderlei Luxemburgo dedicou boa parte para ajustar o setor. Próximo do jogo com o Goiás de Walter, maior finalizador da competição com 77 chutes e oito gols marcados, Luxa criou situações reais de jogo, nas quais dois zagueiros tiveram de enfrentar quatro jogadores.

Gum está confiante em vitória do FluCarlos Moraes / Agência O Dia

“Desde que ele chegou, Luxemburgo não teve esse tempo para trabalhar. O acerto era mais na base da conversa, faltava a parte de campo para acertar, corrigir algumas coisas. Estamos trabalhando. Walter vive um momento muito bom. Tem qualidade e merece atenção porque ele é definidor”, disse Gum.

Das 13 partidas de Luxa no comando da equipe no Brasileiro, em sete o Fluminense começou atrás no placar. Nessa sequência, conseguiu buscar duas viradas, três empates e perdeu em duas ocasiões. Na tentativa de melhorar o aproveitamento, o treinador poderá realizar mudanças na equipe. No treino técnico realizado ontem à tarde, Leandro Euzébio foi testado ao lado de Gum. Titular nas últimas partidas, Anderson pode ser barrado.

O aguardado coletivo pode revelar parte dos planos de Luxemburgo para a partida contra o Goiás. Com a suspensão de Rafinha, Jean tem boa chance de recuperar a vaga de titular. Livre de uma lesão na coxa direita, o volante pode reaparecer depois de um mês afastado e numa nova função, com maior liberdade para chegar ao ataque. No treino técnico, ele também foi observado entre os prováveis titulares.

“Fico feliz com a volta dos jogadores que estavam machucados. A alegria deles é visível. Só de voltar a correr, de participar do aquecimento com o grupo, Valencia estava bem animado. Imagine quando voltarem a jogar. O importante é que estejam aptos para nos ajudar”, afirmou Gum.