Diretoria do Fluminense tira o atraso

Na véspera do jogo com o Vasco, Flu paga salário de julho e se mexe para quitar o de agosto

Por O Dia

Santa Catarina - Na véspera do clássico com o Vasco, nesta quarta, às 21h50, no Estádio da Ressacada, em Florianópolis, os jogadores do Fluminense receberam um ótimo incentivo (financeiro) em busca da reabilitação no Brasileiro, após a derrota para o Inter. A diretoria quitou o salário de julho e até o fim da semana pretende pagar o de agosto.

Flu quitou parte da dívidaDivulgação

Assim, evitou completar o terceiro mês de atraso, o que permitiria que atletas buscassem a rescisão contratual na Justiça. Funcionários que ganham até R$ 5 mil receberam o atrasado referente a julho. Quem recebe até R$ 2 mil está com os vencimentos em dia.

A crise financeira do Fluminense se agravou nos últimos meses em razão de uma série de penhoras motivada por dívidas fiscais. Com o caso sem solução, a diretoria ainda não conseguiu desbloquear os cerca de R$ 20 milhões da negociação de Thiago Neves e Wellington Nem.

O departamento jurídico do clube ainda trabalha em busca do acordo com a Procuradoria Geral da Fazenda Nacional do Rio de Janeiro para liberar as contas e minimizar o problema financeiro.

Responsável pela maior parte da folha de pagamento dos jogadores, através de direitos de imagem, Unimed está em dia. A fatia que cabe ao Tricolor é de cerca de R$ 2 milhões por mês. Para quitar os salários de julho, a diretoria tricolor recorreu a um empréstimo bancário e utilizou boa parte da renda de bilheteria.

Como setembro já venceu, os dirigentes esperam regularizar a situação em um prazo de até 20 dias. Motivado pela boa notícia, o Tricolor ganha um ânimo extra para o confronto no Ressacada.

Luxa muda e não confirma quem entra

Adepto dos treinos fechados fora do Rio, Vanderlei Luxemburgo decidiu abrir os portões do CT do Cambirello, de propriedade do Figueirense, e ensaiou mudanças para o clássico com o Vasco. Gum e Edinho, que cumpriram suspensão automática na derrota para o Internacional, têm presença garantida entre os titulares no lugar de Anderson e Fábio Braga, respectivamente.

Rafinha levou o terceiro cartão amarelo no domingo e será substituído pelo atacante Rhayner. “O time ainda não está escolhido. Fizemos um treino tático, mas ainda vou analisar bem. O Vasco também pode ter mudanças e preciso ver como vai ser”, disse Luxemburgo.