Por bernardo.argento

Rio - A crise se instalou de vez nas Laranjeiras. Depois da quinta rodada seguida sem conseguir conquistar os três pontos em uma partida, o muro da sede do Fluminense foi pichado, com os seguintes dizeres "Planejamento zero" e "Fora, Edinho".

A frase em alusão ao planejamento é um protesto da torcida por não concordar com a atitude da diretoria em vender os principais jogadores como Wellington Nem e Thiago Neves, sem repor essas peças com a mesma qualidade.

Com a derrota para o Cruzeiro por 1 a 0, no Mineirão, o Tricolor está com 35 pontos, na 15ª posição, perto da zona de rebaixamento. O próximo confronto é diante da Ponte Preta, no estádio do Maracanã, no sábado.

Você pode gostar