Por fabio.klotz

Rio - Rafael Sobis comprou a briga para afastar o Fluminense da zona de rebaixamento do Brasileiro e convocou os mais experientes para a missão. Principal nome da equipe na competição, o atacante não abre mão da juventude ou do talento de promessas como Igor Julião, Rafinha e Biro Biro, mas acredita que medalhões do porte de Diego Cavalieri, Gum, Edinho e Jean tenham uma responsabilidade maior na busca pelo resultado positivo contra o Vitória neste domingo, às 18h30, no Maracanã.

Sobis é o destaque do Fluminense no BrasileiroCarlos Moraes / Agência O Dia

“Essa é a lei do futebol, por isso estou aqui. Claro que todos têm responsabilidades. Mas, por tudo o que vivenciamos no futebol, os mais experientes têm de colocar a cara para bater, assumir a responsabilidade e fazer de tudo para tirar o Fluminense dessa incômoda situação”, disse Rafael Sobis à Rádio Tupi.

Há seis rodadas sem vencer, o Fluminense queimou a gordura criada pela sequência invicta de oito partidas. A três pontos da zona de rebaixamento, a equipe está sob pressão, mas mantém a tranquilidade. Com dificuldade para armar o Tricolor, em razão das muitas lesões (Digão, Wellington Silva, Carlinhos, Ailton, Valencia, Wagner, Robert e Fred), o técnico Vanderlei Luxemburgo ressaltou os bons resultados conquistados em setembro e espera engrenar uma nova sequência nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro.

“Apesar das dificuldades, trabalhamos e conseguimos resultados muito bons em setembro. Mas depois veio a queda. Na verdade, a gordura que conseguimos naquela série de oito jogos de invencibilidade é que está nos ajudando agora. O campeonato é difícil. O líder e provável campeão do Brasileiro ganhou apenas três dos últimos 12 pontos disputados”, destacou o comandante tricolor.

Como a expectativa é de Maracanã cheio, o Fluminense tem a obrigação de fazer a lição de casa. Não importa se o herói será o experiente Rafael Sobis ou um promissor garoto como Biro Biro.

Você pode gostar