Por elisa.souza

Rio - Depois de uma semana de polêmica, especulação e incerteza sobre o futuro de Vanderley Luxemburgo, o técnico do Fluminense falou. Há sete rodadas sem vencer, o treinador continuará à frente do time até o fim da temporada, ao que parece. E, apesar da sequência de maus resultados, ele confia que o Flu conseguirá ultrapassar a má fase sem ter de enfrentar o rebaixamento.

"Saíram tantas notícias, mas continuei trabalhando. É uma rotina do futebol. Se estivéssemos ganhando não seria dessa forma. É a rotina do futebol. Cada um tem a responsabilidade por sua informação. Trabalhei a semana toda da forma como sempre trabalhei, preparando a equipe para o jogo contra o Flamengo", afirmou ele, em tom tranquilo.

Luxemburgo recebe apoio da diretoria do Fluminense e permanece no clube Márcio Mercante / Agência O Dia

Depois de uma semana de reuniões para decidir o futuro de Luxa no Flu, o dirigente do Tricolor, Peter Siemsen, afirmou coletiva que o técnico tinha seu apoio, assim como o do grupo, para prosseguir o trabalho.

"As declarações do presidente são normais. Ele tem direito de pensar como pensou. O presidente é tricolor e está vendo seu time em uma situação desconfortável. Ele pode querer buscar soluções, conversar com a diretoria sobre o que deve fazer... Na época do Abel foi assim. É tudo normal. Cada momento é assim. Não mudou nada na minha cabeça em relação ao Peter e ao Flu", disse ele que garante estar mais focado no trabalho do que no barulho que foi feito ao seu redor.

Sobre a suposição de que, caso o Fluminense saia derrotado do clássico contra o Flamengo, isso seria a assinatura de sua demissão, Luxa não aparenta se incomodar.

"Não me incomoda entrar em campo sabendo que uma derrota pode definir minha demissão. Já passei por isso e tenho experiência. Volto a repetir: se acaba hoje o campeonato, o Fluminense segue na Série A. E o Fluminense não vai cair. Acredito nos jogadores e na união dos tricolores. É um jogo importante no qual todos precisam estar mobilizados. Jogadores, comissão, torcedores...", disse ele.

A partida contra o Flamengo acontece neste domingo no Maracanã, às 19h30, e é válida pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. Atualmente na 16ª colocação na tabela, o Flu tem apenas 3 pontos a mais que a primeira posição da Zona de Rebaixamento. As vitórias na reta final são cruciais para melhorar um pouco a situação do time das Laranjeiras.

Você pode gostar