Por bernardo.argento

Rio - O Fluminense pode ter um desfalque de peso no confronto diante do Altético-MG, neste sábado, no Maracanã. O goleiro Diego Cavalieri subiu para o campo 30 minutos antes do treino começar, vestiu as luvas, começou a atividade com os demais goleiros, mas não aguentou as dores no polegar da mão esquerda e deixou o trabalho.

O jogador até tentou fazer o treinamento. Durante o aquecimento, não mostrou sentir nenhum incômodo no local. Mas quando o preparador de goleiros André Carvalho, começou a exigi-lo, Cavalieri não aguentou e parou de fazer a atividade.

Demonstrando abatimento, o goleiro ficou sentando numa bola e conversou por alguns minutos com o médico Victor Favilla. Depois do bate-papo, Cavalieri tentou retornar ao treinamento, mas continuou sentindo muitas dores. Desta maneira, deixou o gramado e foi em direção ao vestiário.

Caso desfalque o time, a opção do técnico Dorival Júnior para substitui-lo é Felipe Garcia, que poderá fazer sua estréia com a camisa tricolor. Klever, o outro arqueiro do elenco, está com conjuntivite e não participou dos trabalhos durante a semana.

Você pode gostar