Por rafael.arantes
Rio - A novela Walter termina com final feliz. Fluminense e Porto chegaram a um acordo e o atacante depende apenas do resultado dos exames médicos para assinar contrato de empréstimo por dois anos. À espera da documentação do clube português, os dirigentes aprenderam a lição com o desgaste do anúncio antecipado de Walter, há uma semana, e adotaram o silêncio para o caso.
Walter deve assinar em breve com o FluDivulgação

Os valores da negociação são mantidos em sigilo, mas o Fluminense reconsiderou os novos pedidos do Porto pela cessão do atacante. Em Portugal, o empresário Téo Constantin entrou no circuito para acelerar o desfecho com a desistência do Sport. O clássico com o Benfica, domingo, atrasou o acerto, mas não diminuiu a confiança do Flu.

Assim como o presidente da patrocinadora, Celso Barros, Renato Gaúcho é um grande entusiasta da contratação de Walter. O técnico tem mantido contato com o atacante por telefone, mas lamentou o fato de não contar com o reforço desde o começo da pré-temporada em Mangaratiba. Acima do peso, Walter terá de suar a camisa para recuperar o tempo perdido.

“Prejuízo vai ter para o jogador. Não foi possível contar com ele na pré-temporada, mas tenho certeza de que chegará. Ele vai se atrasar e treinará separado. A pré-temporada é dura, mas necessária em grupo, imagine sozinho. Infelizmente, houve esse problema entre os clubes, mas logo ele estará com a gente”, disse Renato.
Publicidade
Destaque do Goiás em 2013, Walter marcou 13 gols e foi uma das atrações do Brasileiro. No Fluminense, reforçará o ataque, que já conta com Fred, Rafael Sobis, Biro Biro, Michael, Matheus Carvalho e Marcos Junior. Bruno Veiga foi emprestado à Cabofriense.