Fluminense não crê em mudança de hábito de Fred

Renato, divertido, duvida que o craque tenha se tornado evangélico: ‘Virei padre e não sabia’

Por O Dia

Rio - Equilíbrio. É o que busca Fred no ano da Copa do Mundo. Feliz no amor, próximo da forma física ideal, o atacante também tem cuidado do espírito. Visto em cultos da Igreja Evangélica Internacional da Zona Sul, no bairro do Flamengo, na companhia da nova namorada, Fred tem mostrado uma nova faceta. Satisfeito com o bom momento do camisa 9, o técnico Renato Gaúcho, bem-humorado, levantou suspeitas sobre a mudança de hábito de Fred.

Renato gaúcho não crê em 'novo Fred'Divulgação

“Fred frequentando a igreja? Acho que virei padre e não estou sabendo. Essa é nova (risos). Tem atleta é de Cristo. Cada um tem sua religião. Ele faz exatamente o que eu faço, então também sou atleta de Cristo. O importante é que ele está feliz, independentemente de frequentar igreja ou não, namorando ou não. Agora, eu não acredito”, brincou Renato Gaúcho.

O clima descontraído colabora para Renato manter o otimismo sobre a evolução de Fred. Passado o período de desconfiança sobre a condição física do atacante, o treinador prevê um crescimento natural, principalmente após o fim do jejum de gols. E, nesse processo, o Fluminense será o principal parceiro de Fred para a convocação final da Copa do Mundo.

“Gols, é o que espero. É o que ele sabe fazer e está aqui para isso. O mais importante de tudo é ele ter voltado a jogar. Estar feliz, magro, bem fisicamente. Esperamos que daqui para frente não sinta mais nada e possa nos ajudar jogando bem e, de preferência, fazendo gols”, aposta o comandante tricolor.

Pronto para o clássico com o Botafogo, o Fluminense terá força máxima amanhã no Maracanã. Apesar da expectativa da torcida pela entrada de Walter, Renato Gaúcho mantém a cautela e a fé na equipe, que acumula uma sequência de sete vitórias no Campeonato Carioca.