Por pedro.logato

Rio - Em Macaé, o Fluminense entrou em campo buscando o retorno para a liderança do Carioca. A equipe dominou a partida, saiu atrás, mas no fim, Fred evitou a derrota do clube das Laranjeiras.

Com o resultado, o clube das Laranjeiras continua na segunda colocação. O Tricolor Carioca e a equipe da Região dos Lagos têm 23 pontos, mas o time do Rio está na frente por conta dos critérios de desempate.

Fluminense e Cabofriense ficaram no empateDivulgação

O JOGO

Na primeira etapa, o Fluminense teve uma atuação superior a da Cabofriense, porém o clube carioca errou bastante nas conclusões. Escalado de última hora, Biro Biro foi responsável por criar e perder a principas oportunidades do Tricolor. Com apenas 8 minutos, o atacante fez bela jogada individual e chutou fora, Luis Cetin fez boa defesa.

>>> MAIS CARIOCA: Confira a classificação e a tabela do torneio

Quatro minutos depois, o jovem deu outra bela arrancada, mas dessa vez, a finalização acabou não sendo tão boa e passou por cima do gol da Cabofriense. Aos 21, nova chance do Flu, nova chance de Biro Biro. O atacante recebeu belo passe de Diguinho, mas chutou para fora.

Antes do intervalo, o clube carioca teve mais duas boas chances perdidas, dessa vez por seus outros dois atacantes. Na primeira, Sobis recebeu de Conca e chutou para fora. Já no fim da primeira etapa, o ex-jogador do Internacional colocou a bola na cabeça de Fred, mas Luis Cetin fez bela defesa evitando o gol do time das Laranjeiras.

O segundo tempo começou parecido com o o primeiro. O Fluminense chegou e perdeu uma boa chance com Biro Biro. Após escanteio, a bola se ofereceu ao atacante que chutou para fora. Aos 12 minutos, Fred teve uma chance muito clara de gol, mas perdeu. Após cruzamento de Jean, o artilheiro sozinho, desviou para fora.

Dois minutos depois, o Tricolor sofreu o castigo. Na primeira boa chance, a Cabofriense abriu o placar. Após cruzamento, Daniel Tijolo desviou para o fundo das redes do Fluminense.

Atrás do marcador, o clube carioca sentiu o gol, mas logo depois voltou a pressionar e Biro Biro voltou a perder gols. Após cruzamento, Fred tocou para o jovem, que cortou a zaga da Cabofriense e chutou para fora.

Buscando a reação, Renato Gaúcho colocou Walter e Wagner no lugar de Jean e Rafael Sobis. A equipe tricolor ficou mais ofensiva, mas passou a ceder mais espaços para os contra-ataques da Cabofriense. No fim, após cruzamento do "gordinho", Fred dominou e conseguiu igualar o marcador evitando a segunda derrota consecutiva do Flu. Além disso, o gol foi o 114 do artilheiro com a camisa tricolor, feito que elevou o atacante ao posto de décimo maior artilheiro da história do clube das Laranjeiras.

FICHA TÉCNICA
CABOFRIENSE 1 X 1 FLUMINENSE

Local: Moacyrzão, em Macaé (RJ)
Árbitro: Grazianni Maciel Rocha
Público pagante: 1.580 pagantes
Cartões amarelos: Ailton (FLU); Daniel Tijolo (CAB)
Cartões vermelhos: _
Gol: Daniel Tijolo, aos 14min do segundo tempo; Fred aos 47 minutos do segundo tempo

FLUMINENSE
Diego Cavalieri; Bruno, Gum, Elivelton e Ailton (Chiquinho); Diguinho, Jean (Wagner) e Conca; Biro Biro, Rafael Sóbis (Walter) e Fred
Técnico: Renato Gaúcho

CABOFRIENSE
Luis Cetin; Rodrigo Dias, Luizão, Victor Silva e Leandro; Jardel, Pará (Silvano), Daniel Tijolo (Felipe) e Eberson (Arthur Sanchez); Keninha e Fabrício Carvalho
Técnico: Alexandre Barroso

Você pode gostar