Novamente titular do Fluminense, Sobis festeja decisão de ficar no clube

Atacante tricolor volta a se destacar e agradece apoio

Por O Dia

Rio - A resposta de Rafael Sobis foi imediata e dentro de campo, como todos esperavam. O carinho da torcida, o pedido de Cristóvão Borges e a confiança da diretoria do Fluminense pesaram no "fico" do atacante. Em meio à negociação com o Corinthians - encerrada na última quarta-feira -, o camisa 23 recuperou o status de titular com a saída de Renato Gaúcho e o prestígio com gols e boas atuações contra Horizonte e Figueirense.

Rafael Sobis recuperou o bom futebol com a camisa do FluminenseAlexandre Brum / Agência O Dia

“Foi um momento difícil porque ninguém gosta de ficar sem jogar regularmente. Mas ganhei apoio de muitas pessoas. E aí surgiu o interesse de clubes grandes. Isso me deixa feliz porque fica o sentimento de que nem tudo está tão errado assim”, afirmou Rafael Sobis.

Com a equipe em crise e pressionada por parte da torcida, a diretoria se viu obrigada a endurecer a negociação com o Corinthians, exigindo o pagamento à vista dos R$ 5 milhões pedidos pela venda de 50% dos direitos econômicos do jogador. No entanto, a troca de comando no Fluminense também alterou o rumo da conversa envolvendo o futuro de Rafael Sobis. Incomodado com a reserva, ele deixou o futuro a cargo do procurador Jorge Machado. A chegada de Cristóvão Borges influenciou a decisão do atacante, que destacou o diálogo aberto com o novo comandante.

“A partir do momento que troca o treinador, muda para todo mundo. Procurei conversar com ele, que entendeu o meu lado. Fico feliz de estar correspondendo”, disse Sobis.

Wellington Carvalho pode ser novidade na defesa

Com problemas na defesa, o técnico Cristóvão Borges será obrigado a mexer na equipe para enfrentar o Tupi. Wellington Carvalho é o favorito para substituir Elivélton, expulso na goleada de 5 a 0 sobre o Horizonte, também pela Copa do Brasil.

Reserva imediato, Leandro Euzébio se recupera de uma lesão na coxa esquerda e ainda não treina com o grupo. Aos 21 anos, Wellington Carvalho vive a expectativa de entrar em campo pela segunda vez como profissional desde maio de 2012.