Por pedro.logato

Rio - Walter deitou e rolou ao fazer dois gols e ser o destaque na goleada (5 a 2) do Fluminense sobre o São Paulo, quarta-feira, no Maracanã. Sua atuação de gala fez a torcida esquecer, pelo menos por enquanto, o atacante Fred, convocado por Luiz Felipe Scolari para defender o Brasil no Mundial. Se depender do números, o camisa 9 tricolor não deixará uma lacuna tão grande em relação ao seu reserva. Matematicamente, o ‘gordinho’ mostra desempenho 81% mais eficaz que o capitão tricolor.

Mesmo na reserva de Fred, Walter participou de 19 jogos nesta temporada — esteve em campo por 814 minutos. Durante este período, balançou a rede nove vezes e obteve a média de um gol a cada 90,4 minutos.

Walter vive grande momento no FluminenseAndré Mourão / Agência O Dia

Fred, por sua vez, foi titular em 19 partidas, totalizando 1.636 minutos em campo. Mas marcou apenas um gol a mais que Walter. Como média, Fred só conseguiu balançar a rede a cada 163,6 minutos de bola rolando.

Depois de reclamar da condição de reserva, Walter parece ter mudado de discurso e destaca a importância do trabalho em equipe. Questionado sobre sua disputa com Fred pela vaga de titular do ataque tricolor , o camisa 18 desconversou e preferiu exaltar a boa atuação do Fluminense contra o São Paulo.</CW>

“Ninguém tem nada contra ninguém. Disse que, quando precisassem, iria ajudar. Está tudo certo. Sábado (amanhã) tem outra batalha contra o Bahia . Sei que é difícil ser titular, tem jogadores de qualidade aqui no Fluminense. Tenho de aproveitar os momentos e fazer o meu melhor. Um time ganha um jogo, um grupo ganha campeonato”, disse Walter.

Gum diz que papo no intervalo fez diferença

O técnico Cristóvão Borges mostrou está ajudando o Fluminense trilhar o caminho certo para chegar ao seu quinto título brasileiro. Diante do São Paulo, o treinador não fez nenhuma alteração e mesmo assim mostrou que tem o grupo nas mãos. Segundo o zagueiro Gum, uma conversa foi a responsável pela mudança de postura no segundo tempo.

“A equipe já vem mostrando desde o início do campeonato que é competitiva. Após um primeiro tempo fraco, a conversa que o Cristóvão teve com a gente nos vestiários foi essencial para reagirmos no segundo tempo”, afirmou.

No sábado, contra o Bahia Cristóvão Borges não contará com o zagueiro Elivelton. Ele sofreu uma lesão no músculo posterior da coxa esquerda e foi vetado pelo departamento médico. Marlon, de 18 anos, será o seu substituto.

Você pode gostar