Fluminense vê reação no Brasileiro como prioridade

Clube, que montou um elenco em condições de disputar o título, está a três jogos sem ganhar. Santos, em jogo marcado para Volta Redonda, é o próximo adversári

Por O Dia

Rio - O Fluminense completou três jogos sem vencer no Campeonato Brasileiro ao ser derrotado pelo Criciúma na noite de quarta-feira em Santa Catarina. O pequeno jejum é algo que preocupa para um clube que montou um elenco em condições de disputar o título ou, na pior das hipóteses, uma vaga na próxima Copa Libertadores. Neste cenário, os jogadores reconhecem que aumentou consideravelmente a obrigação de um triunfo diante do Santos, neste domingo, às 18h30, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, pela 11ª rodada da competição.

LEIA MAIS: Notícias, resultados e bastidores do Campeonato Brasileiro

"Infelizmente não conseguimos o resultado que a gente desejava no jogo contra o Criciúma. Perdemos a possibilidade de somar pontos longe do Rio de Janeiro, que é algo que pode acabar fazendo a diferença mais na frente. Portanto, agora temos que encarra a partida contra o Santos como uma decisão, já que não podemos tropeçar em casa. O adversário tem muita qualidade, tambémn tem suas ambições dentro deste Campeonato Brasileiro, mas jogando com o mando de campo o Fluminense não pode perder mais pontos", afirmou o zagueiro Gum.

Fluminense quer dar volta por cima no BrasileirãoDivulgação

O volante Jean concorda com o companheiro. "Nós temos um potencial muito grande para brigarmos pelo título e pela vaga na Copa Libertadores. Mas só vamos alcançar nossos objetivos com muita tranquilidade e consciência do que é fundamental fazer em campo. Jogando em casa temos a responsabilidade de somar três pontos e dar sequência ao nosso planejamento na competição", analisou Jean.

Na visão do atacante Walter, o clube das Laranjeiras vai encontrar muitos problemas diante do Santos, mas deve focar na necessidade de dar uma resposta rápida ao pequeno jejum vivido na competição.

"O respeito ao Santos sempre vai existir, pois é um adversário que mostrou muita qualidade e que tem potencial para brigar pelos lugares mais altos. Porém, o Fluminense sabe que precisa ganhar suas partidas no Rio de Janeiro. Esta, em especial, se tornou ainda mais importante, pois o nosso time desperdiçou a chance de pontuar em Santa Catarina e agora precisa subir na tabela de classificação", disse o goleador.

Para este compromisso a ausência será o lateral esquerdo Carlinhos, advertido com o terceiro cartão amarelo diante do Criciúma. As maiores chances são para a improvisão do meia Chiquinho no setor, mas também corre por for Fernando, revelado nas categorias de base da equipe.

Ainda com uma lesão no tornozelo direito, o volante Diguinho deve ficar de fora novamente. O jogador passou a manhã desta sexta-feira fazendo exercícios musculares na piscina, em uma clara mostra de que ainda não está em condições de ser relacionado por Cristóvão. Assim, o meia Cícero mais uma vez deverá ser recuado para ocupar o setor. O atacante Fred, que defendeu a seleção brasileira na Copa do Mundo, segue com alguns dias de descanso e ainda não será utilizado. Sendo assim, Walter permanece como companheiro de ataque de Rafael Sobis.

O elenco do Fluminense realiza um treino, provavelmente recreativo, na manhã deste sábado, nas Laranjeiras, e depois a delegação segue para a cidade de Volta Redonda, palco do duelo contra os santistas.