Por jessica.rocha

Rio - Diante da eliminação do Fluminense na quarta-feira para o Goiás, no Serra Dourada, pela Sul-Americana, a segurança havia sido reforçada para o desembarque da equipe no Rio, nesta quinta. Porém, o clima no aeroporto não era de protestos. Diante da má fase do Tricolor, com duas eliminações seguidas, alguns torcedores surpreenderam ao recepcionar o elenco. Fred e Conca foram os mais assediados.

"Eu não esperava protesto. Quanto ao torcedor, nós entendemos que eles querem protestar, mas tem de ser dentro do estádio. Aqui tinha de ser esse ambiente mesmo, porque o jogador tem de ter tranquilidade para trabalhar também", afirmou Cícero.

As duas eliminações do Flu deixaram a equipe em uma situação tensa, já que no domingo o time enfrenta o Cruzeiro, líder embalado do Campeonato. O goleiro Felipe ressaltou a importância de uma vitória para o Tricolor.

"Situação difícil. Nesse momento, eu sei que é difícil a torcida apoiar, mas nós precisamos do apoio de todos. Agora é levantar a cabeça para podermos fazer um grande jogo domingo. Será importante, contra o líder", disse o goleiro.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Fluminense

O Fluminense agora só tem o Campeonato Brasileiro como foco. Na 5° posição da tabela, o clube almeja voltar ao G-4. Neste domingo, recebe o Cruzeiro, no Maraca, às 16h.

Você pode gostar