Fluminense acerta a contratação do goleiro Júlio César, ex-Botafogo

Vínculo do arqueiro com o Tricolor será até o fim de 2015

Por O Dia

Rio - O Fluminense fechou a contratação de um novo reforço nesta terça-feira: Júlio César. O goleiro, que atuou pelo Botafogo entre 2005 e 2008, assinou contrato com o Tricolor até o fim de 2015. Ele estava sem vínculo desde a saída do Getafe, clube pelo qual jogou na última temporada do Campeonato Espanhol. O arqueiro garantiu estar contente por ter fechado com o time carioca e quer corresponder a chance de voltar ao futebol brasileiro.

Júlio César assina contrato com o Fluminense até o fim de 2015Divulgação

"Estou muito feliz de voltar ao Brasil, ainda mais em um grande clube como o Fluminense. Espero que seja um retorno muito positivo, que eu possa, juntamente com meus companheiros, alcançar os objetivos do clube e que as coisas possam correr da melhor maneira possível. Espero ser mais um guerreiro e que a torcida possa contar comigo sabendo que tem mais um jogador disposto para batalhar pelos interesses do grupo", disse o goleiro ao site oficial do Fluminense.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Fluminense

Aos 28 anos, Júlio César chega com bagagem internacional. Além do Getafe, seu último clube, o goleiro passou por outro time espanhol, o Granada, além de duas equipes de Portugal: Belenenses e Benfica. Sua apresentação oficial deve ocorrer ainda nesta semana, mas já sabe que vai vestir a camisa 25.

O vice-presidente de futebol do Fluminense, Mário Bittencourt, explicou a contratação de Júlio Cesar. A ideia era trazer um novo goleiro para que o técnico Cristóvão Borges pudesse trabalhar com quatro no elenco principal.

"A contratação do Júlio César faz parte do planejamento da comissão técnica, que é de trabalhar sempre com quatro goleiros. Como temos dois que são frequentemente convocados (Cavalieri na Seleção principal e Marcos Felipe, na sub-20), precisávamos ter mais um jogador da posição. Recentemente tivemos a prova desta necessidade, com o problema de saúde do Diego e a expulsão do Kléver. Ficamos somente com o Felipe e o Marcos Felipe. Se este segundo estivesse convocado, só teríamos um goleiro para viajar para Goiânia. O Júlio César é um grande goleiro, que chega para trazer ainda mais qualidade ao nosso elenco e se junta aos ótimos goleiros que já temos", disse o dirigente.