Cristóvão fala sobre opção de escalar Cícero como centroavante: 'Já jogou ali'

Escolha do treinador deu certo e meia fez o gol do empate do Fluminense por 1 a 1 contra o Figueirense

Por O Dia

Cícero brilhou para salvar o Fluminense no Orlando ScarpelliPhotocamera

Santa Catarina - Fluminense e Figueirense empataram em 1 a 1, nesta quarta-feira, no Orlando Scarpelli. Os dois times tiveram um jogador expulso. A equipe de Santa Catarina largou na frente, mas o Tricolor carioca buscou a reação. O técnico Cristóvão Borges, com vários desfalques para o duelo, falou sobre a opção de escalar o meia Cícero como centroavante. A medida deu certo e o jogador fez o gol de empate.

LEIA MAIS: Fluminense pressiona e arranca empate com o Figueirense

"Essa posição não é nova para ele, porque já tinha jogado assim. E a equipe já jogou várias vezes sem centroavante de referência. No jogo de hoje (quarta-feira) nós precisávamos de posse de bola e, com ele jogando, como é versátil e inteligente, saberia fazer isso. Era para ele ajudar a abrir um pouco a defesa e prender a bola. Foi o que ele fez. Ajudou bastante a equipe a distribuir bem o jogo e tivemos uma variação de jogo muito grande, jogando pelo lado, pelo meio...", comentou o treinador.

A igualdade no placar aumentou a invencibilidade do Tricolor para quatro jogos (uma vitória e três empates). A equipe chega ao Rio de Janeiro na manhã desta quinta-feira e volta aos treinos nesta sexta-feira, já de olho no confronto contra o Palmeiras, no sábado.