Por fabio.klotz

Rio - Ao mesmo tempo em que quebrou a cabeça para definir o Fluminense com Henrique, Valencia, Edson, Rafael Sobis e Fred à disposição, o técnico Cristóvão Borges teve dificuldade para eleger o substituto do suspenso Bruno para o duelo contra o Palmeiras,neste sábado, às 18h30, no Maracanã, pela 21ª rodada do Brasileirão. Jean e Rafinha são as opções, mas o torcedor tricolor só terá a confirmação da equipe pouco antes de a bola rolar.

Fred volta ao time do Fluminense e comanda o ataque contra o PalmeirasPhotocamera

“Temos de ser criativos sempre e achar soluções. O Fluminense tem um time e um grupo bom. Podemos chegar mais longe e isso vai acontecer. Continuarei no meu exercício de criatividade. Com o Chiquinho (improvisado na lateral esquerda) encontramos uma boa opção. Na posição do Bruno, acharemos. Estamos procurando. Espero ser feliz na minha decisão”, disse Cristóvão.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Fluminense

Poupado contra o Figueirense, Fred tem volta garantida ao comando de ataque. Nesta sexta-feira, após animada disputa de futevôlei, ele se divertiu com o sobrinho Bernardo no gramado das Laranjeiras ao fim da atividade. Henrique, que também foi incluído no esquema de rodízio, treinou e, aparentemente, se recuperou do quadro de lombalgia.

Walter fora

Com o departamento médico praticamente vazio, o comandante tricolor ganhou opções. Caso Jean seja improvisado na lateral direita, Valencia e Edson serão os concorrentes à vaga. Curado de lesão na coxa esquerda, Rafael Sobis está de volta após duas partidas. A falta de ritmo do camisa 23 pode facilitar a decisão de Cristóvão de manter a formação do time no esquema 4-2-3-1.

Enquanto mira o G-4, o Fluminense terá uma difícil missão diante do Palmeiras, que trava acirrada batalha na parte de baixo da tabela do Brasileiro.

“Essas equipes normalmente jogam muito fechadas, defendendo demais”, avaliou Cristóvão.

Por sentir dores no joelho direito, Walter continua em tratamento e ficará fora de combate diante da equipe paulista. Entregue ao departamento médico, ele vê a ascensão de Kenedy. Substituto de Fred quarta-feira, contra o Figueirense, o atacante, de 18 anos, não marcou, mas recebeu elogios. Cristóvão garante que Walter não perdeu espaço, diz que futebol é momento.

Você pode gostar