Por pedro.logato

Brasília - A braçadeira de capitão e o status de ídolo não salvaram Fred da tradicional festa de aniversário com ovos e farinha. No entanto, nem tudo foi festa nas Laranjeiras no dia em que ele completou 31 anos.

Fred levou ovadas depois do treinoDivulgação

Com o salário de agosto de jogadores e funcionários (com vencimento acima de R$ 5 mil) atrasados, o Fluminense tenta superar a rotina de desfalques para voltar ao G-4, hoje, às 16h20, contra o Bahia, no Mané Garrincha, em Brasília.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Fluminense

Fernando é a bola da vez na lateral esquerda. Cria de Xerém, o jovem, de 21 anos, espera seguir os passos de Elivélton e Marlon. Hoje, ele terá a missão de substituir Carlinhos, vetado por causa de um edema na coxa esquerda. Reserva imediato, Chiquinho, que também se recupera de uma lesão, está fora.

“Eu valorizo o trabalho feito em casa, a qualidade dos jogadores, e o mais importante é que o clube economiza com isso. As contratações são caras, e o clube não atravessa uma boa condição econômica. Isso ajuda bastante. Há qualidade na base”, disse o técnico Cristóvão Borges.

Você pode gostar