Por victor.abreu

Rio - O Fluminense esteve longe da crise dos salários atrasados nos últimos anos. Com boa parte dos vencimentos sendo pagos pela patrocinadora do clube, sobrava para os cartolas tricolores uma fatia menor neste compromisso mensal com os atletas. Mas 2014 está sendo diferente, tanto é que o clube convive com dois meses de salário atualmente.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Fluminense

"Temos tidos dificuldades em vários setores. Salários atrasados, renovações de contratos. A diretoria tem conversado com os jogadores, procurando deixar todos a par do que está acontecendo. Não é uma coisa boa de acontecer, mas não chega a interferir no trabalho, no empenho em campo", ponderou o treinador.

A diretoria do clube das Laranjeiras trabalha para deixar todos os vencimentos em dia o quanto antes. Os jogadores com salários mais baixos estão sendo pagos inicialmente. O restante do grupo vai ter que aguardar um pouco mais na fila.

Você pode gostar