Por edsel.britto

Rio - Após a derrota para a Chapecoense por 4 a 1 na quinta-feira, a situação do Fluminense na briga por uma vaga no G-4 ficou complicada. Ciente do desafio que terá pela frente, Walter garante que mesmo com as dificuldades, o Flu vai conseguir uma vaga na Libertadores em 2015 e que vai lutar até o final. No próximo domingo, o Tricolor encara o Sport, na Arena Pernambuco, às 17h. Para o atacante, apesar da equipe pernambucana não brigar por mais nada na competição, o time carioca terá dificuldades em Recife.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Fluminense

"Sabemos que será complicado. Eles vão vir mais relaxados por terem se livrado da ameaça de rebaixamento, o que os deixará sem pressão. Mas o nosso time vai ter que reagir. Estamos todos muito chateados. Essa viagem de três horas para Recife, pensando no resultado contra a Chapecoense, vai ser muito complicada. Mas futebol tem dessas coisas. Contra o Botafogo saímos do Maracanã felizes e agora estamos bem chateados", afirmou.

Apesar da situação complicada%2C Walter ainda acredita que o Flu vai conseguir uma vaga no G-4Nelson Perez/ Fluminense F.C. / Divulgação

O atacante admitiu que a goleada sofrida para a equipe catarinense abalou a equipe e a torcida, mas ressaltou que o elenco precisa superar a derrota e ir em busca da recuperação no domingo para manter o time vivo na luta por uma vaga no G-4.

"É triste, todo mundo saiu do Maracanã abalado. Nosso time lutou até o fim, mas não deu. Ainda estamos na briga e pode ter certeza que vamos atrás dessa vaga até o último jogo. Contra a Chapecoense Foi aquela partida em que ninguém foi bem. Eu saí muito triste, pois tentei fazer o meu melhor. Temos que levantar a cabeça, pois já tem um jogo domingo e temos de sair com a vitória de lá", disse.

O Fluminense é o 7º colocado com 57 pontos, quatro a menos que o 4º lugar Atlético-MG. No próximo domingo, o Tricolor visita o Sport, às 17h, na Arena Pernambuco, em busca por uma vitória para se manter vivo na briga por uma vaga na Libertadores de 2015.

Você pode gostar