Fluminense tem chance de ouro para não deixar o sonho morrer

Contra o Sport, em Recife, Tricolor tem de vencer pra manter chance de G-4

Por O Dia

Pernambuco - O Fluminense tem contra o Sport, às 17h, na Arena Pernambuco, uma chance de ouro de manter vivo o sonho de disputar a Libertadores do ano que vem. Após perder em casa para a Chapecoense por 4 a 1, o Tricolor, sétimo colocado com 57 pontos, se vencer, embola a briga, já que o Grêmio, sexto lugar (60 pontos) recebe o Corinthians, terceiro (63). Na próxima rodada, o time comandado por Cristóvão Borges recebe o timão.

Wagner está de volta ao FluminenseDivulgação

O treinador, porém, acumula problemas para o jogo desta tarde. Além dos desfalques do zagueiro Guilherme Mattis, suspenso, e do meia Cícero, com um incômodo no púbis, Jean e Fred sentem dores musculares. Eles foram poupados do treino de ontem, no CT do Náutico e ainda não estão confirmados no time.

O caso do volante Jean, que tem atuado como lateral-direito — Bruno, com lesão no joelho, não deve mais atuar nesta temporada —, é o mais preocupante. Se ele realmente não puder jogar, Renato, que veio do ABC, será o seu substituto. Fred também será reavaliado, mas deve ser liberado. Walter está de sobreaviso.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Fluminense

Por outro lado, Wagner retorna à equipe. O meia cumpria suspensão e não participou do vexame da última quinta-feira. O jogador prega equilíbrio para que o Fluminense não se enfraqueça na reta final do Brasileiro.

“Após uma derrota dessas, muitas cobranças acontecem. Temos de ter cabeça no lugar para lidar com isso e voltar a vencer”, disse o camisa 10, que minimizou o efeito de sua ausência na goleada sofrida para a Chapecoense.

“Não foi só a minha falta. Foi um dia em que as coisas não deram certo. Sofremos quatro gols em 45 minutos. A gente foi surpreendido. Não foi falta de preparo, mas um deslize de todo o grupo.”