Sem chance no G-4, Sobis diz que Flu tem a obrigação de bater o Corinthians

'É o nosso nome que está em jogo e o do clube também', afirma o atacante do Tricolor

Por O Dia

Diguinho e Rafael Sobis em ação no treino do FluminenseDivulgação

Rio - A vitória do Internacional sobre o Palmeiras tirou o sonho do Fluminense de disputar a Copa Libertadores de 2015. Mesmo se o time bater o Corinthians neste domingo, no Maracanã, o Tricolor não terá mais condições matemáticas de alcançar o G-4. Mesmo assim, o atacante Rafael Sobis quer a equipe empenhada o jogo válido pela 37ª rodada do Brasileirão.

"Temos de fazer a nossa parte, independentemente de qualquer circunstância. É o nosso nome que está em jogo e o do Fluminense também. É um grande jogo, um dos maiores clássicos do futebol brasileiro, num grande estádio. Nos preparamos como fizemos para cada jogo do Brasileiro, tratando a partida com a mesma importância", disse o jogador ao site do clube.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Fluminense

Em 2014, os troféus não vieram para o Fluminense. Para Sobis, o ano foi de reconstrução e que, por isso, os resultados foram bons. Para 2015, ele almeja conquistas.

"Não ganhamos título, mas foi um ano de reconstrução, esta é a verdade, por mais que doa ser dita. É claro que todos querem conquistas, nós jogadores, os torcedores. O ano foi muito bom, muito melhor do que muitos pensavam e a expectativa é que ano que vem seja melhor ainda. Não foi o ano ideal, mas o Fluminense passou a ser respeitado novamente", concluiu.