Por fabio.klotz
Vinícius vai comandar o meio de campo do Fluminense no jogo contra o BanguMárcio Mercante

Rio - Wagner bem que tentou. Em recuperação de forte pancada no tornozelo esquerdo, o apoiador, que chegou a ficar com os dedos do pé paralisados, foi vetado pelo departamento médico e não enfrentará o Bangu, neste domingo, no Maracanã. Marlone e Walter disputam a vaga, mas a função de organizar o meio de campo caiu no colo de Vinícius. Sem Conca, negociado com o futebol chinês, e Wagner, o apoiador terá a chance de reger a equipe em sua volta para casa.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Flu

Embora satisfeito com a melhora da equipe contra o Nova Iguaçu, o técnico Cristóvão Borges não se deixou enganar pela goleada de 4 a 1. A oscilação proporcionada pela falta de entrosamento preocupa, mas a mudança de posicionamento no segundo tempo pode favorecer o futebol de Vinícius, que assumiu a armação depois da lesão do camisa 10.

“Com a saída de Wagner, terei de mexer no posicionamento. A mudança foi positiva e os jogadores se sentiram bem. Tivemos mais volume de jogo e maior organização defensiva no segundo tempo (contra o Nova Iguaçu). A saída de Wagner possibilita isso”, disse Cristóvão.

Pisando no freio

Depois de perder Renato e Wagner, machucados, a comissão técnica redobrou a atenção sobre os jogadores. Preocupado com o desgaste físico, Cristóvão cogitou preservar do treino técnico desta sexta-feira os jogadores mais exigidos na vitória sobre o Nova Iguaçu. Jean, Fred e Walter deixaram a atividade mais cedo do que os demais companheiros.

“Grama alta e pesada por causa da chuva (em Edson Passos), além da necessidade de buscar a virada, exigiu muito fisicamente dos jogadores. Por conta disso, tivemos de mudar o planejamento. Alguns jogadores treinaram com bola porque insistiram”, disse o técnico tricolor.

VEJA MAIS: Confira a tabela e classificação do Campeonato Carioca

Com exceção dos jogadores machucados, Cristóvão Borges pretende contar com o que tem de melhor contra o Bangu. Wellington Silva foi confirmado no lugar de Renato e, pelo bom desempenho nos treinos, deve ser efetivado na vaga. Marlone entrou bem na última rodada e é o favorito para assumir a brecha deixada por Wagner. Como não descarta mudar o esquema tático, Walter corre por fora, mas Cristóvão prefere manter o mistério.

Ferj acuada

A Justiça do Rio resolveu entrar em campo para esquentar ainda mais a polêmica nos bastidores do Campeonato Carioca. Na terça-feira passada, a Defensoria Pública do Estado ajuizou uma ação para tentar derrubar o artigo criado pela Federação de Futebol do Rio (Ferj) que prevê multa de R$ 50 mil a clubes, jogadores ou dirigentes que criticarem a competição.

Para o Núcleo de Defesa do Consumidor da Defensoria, essa lei criada pela entidade é inconstitucional por ferir diretamente a liberdade de expressão. A Justiça espera derrubar a determinação da Ferj na próxima semana.

Você pode gostar