Drubscky lamenta possível ausência de Fred e comanda treino de bolas paradas

De olho em uma possível disputa por pênaltis, técnico viu seus atletas cobrarem penalidades no treino desta sexta-feira

Por O Dia

Rio - No último treino antes da semifinal contra o Botafogo, o Fluminense foi ao gramado das Laranjeiras na manhã desta quinta-feira. O dia começou com um futevôlei improvisado. Depois, o técnico Ricardo Drubscky reuniu o elenco para conversar. Com os times escalados, o treinador selecionou Cavalieri, Wellington Silva, Gum, Marlon e Giovanni; Edson, Jean, Vinícius e Gerson; Lucas Gomes e Kenedy, entre os titulares.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Fluminense

Os jogadores fizeram atividades de bolas paradas e levantamentos na área. Os jogadores ainda treinaram cobranças de pênalti, o treinador acompanhou e anotou o desempenho dos jogadores em um papel. Ainda deu tempo para Vinícius, Jean e Marlone treinarem cobranças de falta.

Fred não apareceu no gramado pelo quinto dia seguido e seguiu o seu tratamento para curar as dores de uma pancada recebida na perna direita no último sábado. O atacante está suspenso pelo TJD-RJ. O Fluminense ainda aguarda uma resposta do pedido de efeito suspensivo para usar o camisa 9. O técnico Ricardo Drubscky falou sobre a possível ausência do atleta no clássico contra o Botafogo.

"Situação chata não ter o Fred, se não se confirmar. Mas treinamos durante a semana a possibilidade de não contar com ele. Vamos acompanhar e esperar. Com o Fred, uma expectativa. Com ele, outra. Mas o que digo ao torcedor é que vamos entrar firmes e confiantes da vitória", disse o treinador.

Valendo vaga na final do campeonato carioca, Botafogo e Fluminense se enfrentam neste sábado, no estádio Nilton Santos (Engenhão), às 18h30. O Tricolor venceu o primeiro jogo por 2 a 1 e joga com a vantagem do empate.