Flu de olho na gordurinha para ficar no topo da tabela

Vencer o Sport e deslanchar no Brasileiro é obrigação

Por O Dia

Rio - Preocupação de nove em cada dez mulheres e de quem é vaidoso com o corpo, aquela gordurinha indesejada é bem quista no Fluminense. O termo se popularizou no futebol tupiniquim e se refere ao acúmulo de pontos que serve para dar tranquilidade às equipes na disputa do Brasileirão. Sendo assim, a meta é vencer a terceira seguida no Maracanã contra o Sport, e deslanchar na tabela neste primeiro turno. Vencer em casa é mais que uma meta: é obrigação.

Fluminense quer vencer para entrar no G-4Divulgação

“Foi colocada em pauta a sequência de jogos no Rio e, pela dificuldade do campeonato, sabíamos que era importante ter retrospecto positivo. Até porque, tem o segundo turno. Então, essa gordurinha é muito importante. Agora temos mais um jogo difícil, mas esperamos manter o bom ambiente de vitórias”, analisou o volante Pierre.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Fluminense

O jogador, de 33 anos, credita o bom momento à chegada do novo técnico e na agilidade com que o elenco absorveu as ideias do comandante. Pierre crê que a boa fase tricolor deve se prolongar.

“Houve uma crescente com a vinda do Enderson Moreira e estamos aproveitando o fator casa, que é importante na competição. A torcida tem nos incentivado e estamos dando a resposta. Tomara que isso perdure por bom tempo. A meta é sempre se manter nas primeiras colocações”, afirmou, confiante.

SALÁRIOS EM DIA

Quando o momento é bom, tudo conspira a favor. Com o adiantamento dado pelo Barcelona pela prioridade de compra de Gerson (aproximadamente R$ 12,7 milhões), a diretoria depositou ontem dois meses de salários dos funcionários e jogadores, referentes aos meses de abril e maio. Os direitos de imagem serão quitados na semana que vem.